23ª Mostra Tiradentes apresenta tendências para o cinema brasileiro em 2020

Evento inaugura o calendário audiovisual brasileiro no dia 24 de janeiro na cidade histórica mineira e segue até o dia 1º de fevereiro

23ª Mostra Tiradentes apresenta tendências para o cinema brasileiro em 2020
23ª Mostra Tiradentes apresenta o que vai ser o cinema brasileiro de 2020 em 113 filmes

A Mostra de Cinema de Tiradentes, maior evento do cinema brasileiro, chega a sua 23ª edição. O evento acontece de 24 de janeiro a 1° de fevereiro, com programação diversificada, intensa e gratuita. Serão nove dias de evento com exibição de 113 filmes, divididos em 53 sessões de cinema. Além disso, acontecerão 39 mesas de debates, diálogos audiovisuais, performances artísticas e musicais, oficinas e lançamentos de livros.

A cidade histórica mineira será transformada na capital do cinema brasileiro e irá receber toda infraestrutura com instalação de quatro espaços principais para sediar a programação e receber milhares de turistas: Cine Copasa na Praça, Cine-Tenda, Sesc Cine-Lounge e Centro Cultural Sesiminas Yves Alves.

“Em 2020, celebramos 23 anos de existência da Mostra de Cinema de Tiradentes, uma trajetória rica que testemunha a força e a diversidade do cinema brasileiro e, cada edição honra com o compromisso de valorizar, promover e apresentar ao público o que é produzido no Brasil, além de ser um lugar de inovação e criatividade, de formação e reflexão, de manifestação e intercâmbio da nossa cultura”, ressalta Raquel Hallak, diretora da Universo Produção e coordenadora geral da Mostra Tiradentes.

O conteúdo continua após o anúncio

A abertura da Mostra acontece no dia 24 de janeiro, sexta, às 21h, no Cine-Tenda com homenagens aos atores Antônio Pitanga e Camila Pitanga e exibição, em pré-estreia mundial, de “Os Escravos de Jó”, do cearense Rosemberg Cariry, que conta com Antônio Pitanga no elenco.

Na ocasião, também será realizada performance audiovisual apresentando a temática desta edição “A imaginação como potência”, proposta pelo crítico Francis Vogner dos Reis que assina a coordenação curatorial do evento.

Confira a programação completa

MAIS NOTÍCIAS