Em tempos de coronavírus, home office é solução de mercado ou dor de cabeça?

O especialista Thiago Azevedo, da Dr. Redes, explica como empresas despreparadas podem deixar dados vulneráveis ao apostar no home office em a orientação adequada

Em tempos de coronavírus, home office é solução de mercado ou dor de cabeça?

Com a ameaça constante da pandemia do novo coronavírus pelo Brasil e mundo, empresas e negócios estão investindo no famoso home office: o trabalho remoto feito fora do perímetro da organização e dentro da casa do colaborador. Tal medida vem sendo adotada com mais frequência desde que autoridades da saúde informaram que a transmissão do coronavírus é feita de forma comunitária, passando de pessoa para pessoa. Por isso, grandes grupos reunidos em um mesmo espaço devem ser evitados para o não contágio da doença Covid-19.

No entanto, para que a experiência do trabalho remoto não comprometa a segurança nem a continuidade das atividades de uma organização, é recomendado estabelecer uma política e implementar medidas para proteger as informações acessadas, processadas ou armazenadas em locais de trabalho remoto. O especialista Thiago Azevedo, da Dr. Redes de Itabira, afirma que usar a estratégia de forma despreparada pode deixar a empresa vulnerável.

Confira a entrevista completa:

O que home office?

Consiste em basicamente você conseguir executar as atividades que você faz dentro da empresa no conforto da sua casa. O que faz com que esse trabalho seja feito bem executado são as ferramentas que você precisa para trabalhar estejam disponíveis online. Você trabalharia o tempo todo remotamente.

O trabalho home office não é uma novidade, principalmente em São Paulo e Rio de Janeiro, que são cidades grandes, em que você precisa enfrentar horas no trânsito para chegar no trabalho, nesse tipo de ambiente é muito comum trabalhar de casa. Muitas empresas já optaram por esse estilo de trabalho nos centros urbanos.

O que aconteceu agora foi que, com o coronavírus e a necessidade de isolamento das pessoas, ficou mais evidente a demanda de se trabalhar em casa para manter as empresas em operação. Isso acabou dando destaque para o home office.

Coronavírus e produtividade em casa

Primeiro, trabalhar em casa é um grande desafio, porque ali você tem o conforto do seu lar, às vezes família, então conseguir concentrar para trabalhar é difícil. Mas criando uma disciplina, semelhante ao ensino à distância, você criar uma cultura de trabalho em casa. No entanto, você consegue trabalhar em home office se a empresa disponibilizar as ferramentas adequadas para fazer o trabalho.

Ferramentas e segurança digital

Falar das ferramentas é muito complexo porque a empresa que você trabalha já precisa ter criado este ambiente de home office e disponibilizado para as pessoas. Toda a dinâmica vai depender do cenário da empresa, do segmento de negócio, do melhor custo benefício de ferramentas que ela vai adquirir no trabalho, e da necessidade dela em fazer isso. O trabalho home office funciona muito bem desde que a empresa já tenha esse ambiente previamente preparado.

“O home office é uma solução de mercado para as empresas que estão estruturadas, mas pode ser uma grande dor de cabeça para quem quer fazer gambiarra”

O conteúdo continua após o anúncio

Uma grande preocupação é com as empresas que não zelam pela segurança da informação durante o home office e, às vezes com a demanda e a necessidade imediata fazem de qualquer jeito. É muito usado por exemplo o acesso remoto através do protocolo RDP que é usual pelo Windows. Contudo, em 2019, o recorde de invasões a empresas via sistema online, por meio de sequestro de dados, criptografados…

Por isso as empresas precisam ter preocupação porque a solução de um problema pode criar um outro problema. Então, é difícil falar quais são as melhores ferramentas, vai depender muito do que a empresa demanda e do cenário previamente estruturado.

Vulnerabilidade das empresas

Essa criação de mecanismos de trabalho home office depende da empresa, porque ferramentas podem deixar tudo mais vulnerável. Tem que ser feita uma análise de todo o processo que será feito do trabalho de casa. Como dica, as empresas precisam verificar com os seus profissionais de segurança da informação para saber se o ambiente de trabalho está preparado para ser executado de casa.

Se sim, deverá ser feito o monitoramento do ambiente seguindo as práticas recomendadas pela segurança de informação. é necessário ser feito um backup desse ambiente externo, por exemplo.

“Evitem as soluções fáceis, milagrosas de acesso remoto, porque estas podem estar abrindo e criando vulnerabilidades na empresa e os danos e riscos podem ser irreparáveis.”

Home office como oportunidade

Hoje o trabalho de casa é uma realidade em vários clientes nossos. Nós temos colaboradores que trabalham em outras cidades.Com certeza, uma loja de roupa tem uma demanda de segurança da informação muito menor do que uma instituição financeira, por exemplo, por isso tudo precisa ser avaliado.

“Você tem que dimensionar a sua estrutura de tecnologia, de segurança da informação e as demandas de home office, do número de colaboradores que terão acesso, e entender a necessidade”

Dr Redes

É uma empresa itabirana de consultoria e prestação de serviço de informática que está há 11 anos no mercado.Com equipe de oito colaboradores, todos formados em sistema da informação, a empresa conta com uma estrutura para prestar o melhor acesso ao usuário. Hoje o Dr. Redes atende nas áreas de segurança da informação, planejamento de TI, gestão das empresas. Somos líderes no segmento com mais de 50 clientes.

MAIS NOTÍCIAS