Heranças da Covid-19 vão de doenças respiratórias a transtornos emocionais

Sobreviventes do novo coronavírus têm de lidar com as sequelas da doença e enfrentam uma nova batalha após a infecção

Heranças da Covid-19 vão de doenças respiratórias a transtornos emocionais
Estudo publicado na revista ‘The Lancet’ indica que 76% dos internados relatam debilidades diversas seis meses após a alta hospitalar (Foto: Cole Burston/AFP)

Causa da morte de mais de 400 mil brasileiros nos últimos 12 meses – 3,17 milhões em todo o mundo – o novo coronavírus também não perdoa os sobreviventes. Depois de derrotar o micróbio, muitos deles precisam enfrentar uma segunda batalha – desta vez, contra sequelas, debilidades, doenças respiratórias e até transtornos psiquiátricos.

A “herança maldita” registrada na literatura médica já inclui dezenas de problemas de saúde – de perda de cabelo à falência renal crônica – cuja incidência impressiona. Dados da Organização Mundial de Saúde (OMS) apontam que uma em cada 10 pessoas infectadas pelo Sars-Cov-2 apresenta a chamada síndrome pós-COVID, ou seja: doenças e condições correlatas à virose.

+ Leia a matéria completa no Estado de Minas

MAIS NOTÍCIAS