Jovem de Itabira some em Uberlândia; irmã está desaparecida desde 2014

A família de Alex Jhonatthan da Silva, 21 anos, está em busca de informações sobre o paradeiro do rapaz, que está desaparecido desde a noite do último dia 4 de junho. Natural de Itabira, o jovem desapareceu na cidade de Uberlândia, onde havia ido morar com a mãe, Nilza da Silva, há cerca de um […]

Jovem de Itabira some em Uberlândia; irmã está desaparecida desde 2014
|Foto: Arquivo DeFato Online||Alex Jhonatthan da Silva desapareceu no dia 4 de junho

A família de Alex Jhonatthan da Silva, 21 anos, está em busca de informações sobre o paradeiro do rapaz, que está desaparecido desde a noite do último dia 4 de junho. Natural de Itabira, o jovem desapareceu na cidade de Uberlândia, onde havia ido morar com a mãe, Nilza da Silva, há cerca de um mês.

Segundo ela, Alex Jhonatthan estava sentado na frente da casa, por volta de 21h30, do dia 4, quando foi visto pela última vez. Nilza da Silva chegava do trabalho nesse horário, cumprimentou o filho na porta de sua residência e entrou. Cerca de três horas depois ele ainda não havia entrado em casa. A mãe então decidiu ir do lado de fora da residência para chamá-lo. Mas Alex Jhonatthan não estava mais no local.

Nilza da Silva chegou a andar pelas ruas do bairro a procura do filho. Ele sumiu levando apenas com a roupa do corpo e o celular. A mãe tentou ligar e mandou mensagens por meio de um aplicativo, mas não teve respostas.

“Ele chegou aqui alegre. Estava indo até trabalhar, fazia uns bicos duas vezes por semana, mas estava a procura de um emprego fixo. Durante os dias que ele trabalhava, meu marido o levava e buscava no serviço. Quando estava de folga, ficava em casa assistindo televisão, mexendo nas redes sociais. Ele também tinha o costume de ficar sentado na frente de casa, que foi onde ele desapareceu”, contou a mãe de Alex Jhonatthan.

O conteúdo continua após o anúncio

A Polícia Civil foi informada sobre o desaparecimento do jovem e investiga o caso. A mãe lamentou a demora para ter uma resposta. “A Justiça é muito lenta. Ele não tem amizade com ninguém, não deu tempo. A cidade é grande e tinha pouco tempo que ele estava aqui. Não entendo como esse sumiço aconteceu. É uma coisa inexplicável. Não sei se ele saiu andando ou se foi sequestrado. Só Deus sabe”, desabafou Nilza da Silva.

Irmã desaparecida

Alex Jhonatthan da Silva é irmão, por parte de pai, de Maximila Christian Reis Campos, desaparecida há quase cinco anos. A adolescente, que morava no bairro Major Lage de Baixo, em Itabira, saiu de casa para ir a um churrasco no dia 29 de novembro de 2014 e não voltou mais. Desde então, parentes e autoridades jamais conseguiram qualquer pista concreta que levasse até a jovem, que tinha 16 anos na época.

Adair Vicente de Campos é pai dos dois jovens e sofre com o desaparecimento dos filhos. Quem tiver qualquer informação que possa ajudar na localização de Maximila e Alex Jhonatthan pode entrar em contato pelos números 190, 181 e 0800-2828-197 ou pelo site www.desaparecidos.mg.gov.br. Não é preciso se identificar.

Maximila Christian Reis Campos desapareceu no dia 24 de novembro de 2014 – Foto: Arquivo DeFato Online

MAIS NOTÍCIAS