Paciente de Ferros morre com suspeita de coronavírus no HMCC

O atestado de óbito, segundo a família, consta a suspeita de Covid-19

Paciente de Ferros morre com suspeita de coronavírus no HMCC
Foto: Thamires Lopes/DeFato

O município de Ferros investiga mais uma morte por suspeita de coronavírus (Covid-19). Trata-se de uma paciente idosa que faleceu na madrugada de domingo (19) na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Municipal Carlos Chagas, em Itabira. O teste para confirmar a doença foi feito e o resultado é aguardado.

Em contato com a DeFato, um familiar informou que a idosa havia sido internada no Hospital São Judas Tadeu, em Ferros, no início da quarentena. Mas foi liberada para retornar para casa. Na madrugada de sexta-feira (17) a paciente começou a reclamar de falta de ar e, então, retornou para o hospital do município. Por lá, aguardou por uma vaga na UTI em Itabira.

O conteúdo continua após o anúncio

O atestado de óbito, segundo a família, consta a suspeita de coronavírus. A idosa, que tinha diabetes, foi enterrada na segunda-feira (20) e o velório não pôde ser realizado. De acordo com a secretária de Saúde de Itabira, Rosana Linhares Assis Figueiredo, durante a transferência da paciente a suspeita de Covid-19 já era sabido.

“Neste momento, este é o protocolo. Ela veio com insuficiência respiratória, que pode ser pelo quadro cardíaco. Pode ser pelas comorbidades. Mas, infelizmente, pode ser também pelo coronavírus. Ela ficou internada isolada, cumprindo o protocolo de Covid-19”, informou Rosana Linhares.

Com cerca de 10 mil habitantes, Ferros tem cinco casos de coronavírus já foram confirmados. Todos os pacientes já se recuperaram. Vinte e dois casos considerados suspeitos são investigados e sete foram descartados. Um óbito chegou a ser investigado por ligação com a doença, mas foi descartado após exame.

MAIS NOTÍCIAS