Professor Daú alcança 4° Dan e se prepara para ser o segundo Mestre do Taekwondo em Itabira

Na última sexta-feira (13), Daú realizou o teste que o classifica como mestre

Professor Daú alcança 4° Dan e se prepara para ser o segundo Mestre do Taekwondo em Itabira
Foto: Arquivo Pessoal
O conteúdo continua após o anúncio


O Taekwondo é uma arte milenar, em que a hierarquia é representada por faixas que simbolizam o ciclo de aprendizagem do aluno. Sua divisão é baseada em 10 estágios, que envolvem a faixa branca e as coloridas, além dos 10 Dans, denominação dada aos níveis da faixa preta. O professor Sebastião da Luz Primo, mais conhecido como Daú, se prepara para chegar ao 4° Dan, modalidade que o torna mestre na arte marcial, em Itabira.

Na última sexta-feira (13), Daú realizou o teste que o classifica como mestre.  Acompanhado por cerca de 20 professores, que também fizeram o exame de 3° para o 4° Dan, Daú realizou o seu trabalho final dentro da graduação e se diz bastante satisfeito com o que apresentou.

“Particularmente, estou muito feliz com o meu resultado, pois eu me dediquei bastante em minha apresentação. Sendo sincero, o treino foi muito mais difícil que o exame, na minha opinião”, disse Daú.

Um dos nomes presentes em sua banca examinadora foi o Mestre Martinho, primeiro a alcançar o título em Itabira. Mestre Martinho, com quem Daú treinou, fez questão de comentar sobre o novo integrante do 4° Dan.

“O desempenho dele foi notável, então nós nos sentimos honrados com o título dele. Até porque o Mestre Daú é responsável por ajudar e preparar muitos outros nomes no Taekwondo estadual, regional e nacional. O trabalho dele é incrível”, ponderou Mestre Martinho.

O conteúdo continua após o anúncio

Sebastião da Luz Primo – Mestre Daú

Com 33 anos de treinamento, Dáu se tornou professor em 2002, ano em que atingiu o primeiro Dan. Nome respeitado dentro da modalidade, ele atua há dez anos como técnico da Seleção Mineira de Taekwondo. Hoje, aos 58 anos, orgulhosamente alcança o titulo de Mestre.

“É uma gratidão enorme, pois o Taekwondo faz parte da minha vida e da minha história”, ressaltou.

O processo

Para ser reconhecido como um Dan, ou seja, professor, dentro do Taekwondo, é importante que o praticante alcance a faixa preta, conforme explica Daú:

“A partir do momento que o praticante alcança a faixa preta, ele começa a trilhar um novo caminho e atua com o título do professor, até atingir o 4° Dan. Alcançando o 4°, o professor passa a ser reconhecido como mestre”, contou.

Taekwondo

Original da Coréia, o Taekwondo, que significa “caminho dos pés e mãos através da mente”, é uma arte marcial que carrega em seus valores o objetivo de proporcionar aos praticantes um corpo e mente fortes e saudáveis. Pregando sempre respeito, disciplina e humildade.

MAIS NOTÍCIAS