Quebrando preconceitos, Brechó Joaninha surge em Itabira como sinônimo de qualidade

Benção na vida dos proprietários Karla Bicalho e Kleber Rodrigues, loja se tornou um sonho, graças a um sapatinho comprado na sede de Belo Horizonte

Quebrando preconceitos, Brechó Joaninha surge em Itabira como sinônimo de qualidade
Foto: Bruno Andrade

Bênção, de uma maneira geral, é uma expressão que pressupõe um desejo benigno na vida de uma pessoa. Do hebraico baarah, sua origem vem de uma raiz barakeh ou beirakheh, que significa exaltar, agradecer, felicitar, saudar. No grego, além de carregar o sentido de concessão de alguma coisa material, reflete também o lado espiritual. Já na vida de Karla Bicalho e Kleber Rodrigues, proprietários do Brechó Joaninha, em Itabira, o vocábulo tem um significado muito simples: “Benício”.

O pequeno Benício Bicalho Rodrigues, filho de Karla e Kleber, já nasceu fazendo jus ao significado do nome. Antes dele, a mãe atuava como enfermeira, o pai como motorista e ambos nem sequer se imaginavam como empreendedores, muito menos de um brechó. Mas a necessidade de um sapatinho fez com que os pais da criança se aproximassem de uma franquia que mudaria a vida deles. 

“Em 2019, quando meu filho era recém-nascido, fui convidada para um casamento e precisava comprar um sapatinho para o Benício. Eu não estava achando nenhum sapatinho da forma como queria. Quando achava, o preço era caro demais para ser usado por tão pouco tempo, já que roupa de criança se perde muito rápido. Foi então que a minha amiga, Márcia Luísa, me indicou o Brechó Joaninha, em Belo Horizonte. De início eu relutei um pouco, tive aquele estranhamento, achei que não encontraria coisas boas. Mas, quando entrei lá, foi amor à primeira vista”, contou Karla.

A mãe do Benício se surpreendeu de uma forma tão positiva que, depois daquele dia, passou a frequentar o brechó sempre que podia. Era só ela botar os pés em Belo Horizonte, que já arrastava o marido para a Joaninha. E quando ele não queria acompanhá-la, Karla dava um jeito de ir sozinha. 

brecho joaninha
Foto: Arquivo Pessoal

O amor pela Joaninha despertou um prazer já vigente em Karla: vender. A mãe do Benício, mesmo trabalhando, revendia roupas, edredom e outras peças. Algo que, segundo ela, é de família, pois quando nova sempre ajudava a mãe na loja dela. Então, no ano de 2020, ainda de licença maternidade e em meio à pandemia, ela teve um “insight”. Resolveu comprar as peças da Joaninha para revender em Bom Jesus do Amparo.

Inicialmente, Karla acreditou que as pessoas teriam preconceito com as peças, mas o retorno positivo fez com que ela investisse na ideia e decidisse montar um brechó. O marido, Kleber, em um primeiro instante, não acreditou muito na ideia. Todavia, ela não desanimou.

“Como o meu contrato acabava em dezembro e as pessoas estavam gostando das roupas, eu senti que deveria montar um brechó. Foi então que eu resolvi entender como funcionava a franquia do Brechó Joaninha. Mas quando entrei em contato com a responsável pela primeira vez, foi um banho de água fria, pois eu não tinha orçamento para abrir uma filial na cidade”, relatou a empresária. 

Kleber sugeriu que Karla desistisse da ideia, pois para ele parecia um “sonho muito distante”. Mas não devemos esquecer que essa história começou com o Benício. Então, Karla jamais desistiria dessa benção!

“Por mais que eu não tivesse condições de abrir a franquia naquele momento, não queria abrir mão desse sonho. Então, procurei a responsável pela Joaninha novamente e expliquei que naquele instante eu não tinha como montar uma loja, mas que fazia muita questão de abrir uma em Itabira. A única coisa que eu pedi a ela foi que não passasse os direitos da franquia para outra pessoa aqui da cidade. Ainda estávamos no meio de 2020, então eu acreditava que teria tempo de me preparar”, disse Karla.

E o universo, novamente, abraçou a mãe do Benício. A responsável pela franquia, que, curiosamente, se chama Vivian de Deus, deu uma resposta positiva para Karla e ainda lhe ofereceu descontos nas roupas para que ela pudesse comprar mais e revender em Bom Jesus do Amparo. Em julho de 2020, ela descobriu que o seu contrato não iria mais até dezembro.

“Fui pega de surpresa e fiquei desorientada. Eu ainda estava de licença maternidade e não sabia o que fazer. Liguei para a Vivian e contei toda a minha situação. Ela pediu que eu fosse para Belo Horizonte para conversarmos. Então, o Kleber e eu fomos até lá e explicamos tudo”, pontuou.

Mesmo sem orçamento suficiente para a franquia, Vivian topou abrir a sede em Itabira. Kleber e Karla começaram a correr atrás de tudo o que era necessário para inaugurarem a Joaninha em Itabira.

A loja

E assim, em dezembro de 2020, nasceu o Brechó Joaninha, em Itabira. Atuando com o público infanto-juvenil, explorando preços que realmente cabem no bolso dos itabiranos e o principal: com muita qualidade. Mais que uma franquia, o Brechó Joaninha chega com a missão de derrubar os preconceitos que possam existir sobre o segmento, como pondera Kleber.

“Nós trabalhamos com roupas de 0 a 12 anos e, como somos um brechó, com roupas novas e semi-novas. Mas todas as nossas peças, sejam elas roupas, brinquedos ou outros, passam por uma avaliação rigorosa. Afinal, antes de tudo somos pais e queremos oferecer qualidade aos nossos clientes, assim como para o nosso filho”, disse. 

O pai do Benício também explicou como funciona o câmbio dos produtos:

“Suponhamos que a Karla avalie a roupa do cliente, ela se encaixe no padrão exigido pela Joaninha e a gente ofereça R$50 pela peça. O cliente tem duas opções: ou ele pega o dinheiro na hora ou ele opta pelo vale troca. No segundo caso, o cliente recebe 20% a mais do que o valor ofertado em dinheiro. Ou seja, tendo como base uma peça de 50 reais, a pessoa pode levar um vale de 60 reais,” concluiu. 

Desfecho

Apesar das dificuldades e das incertezas, hoje o Brechó Joaninha é um sonho realizado na vida dos empresários Karla e Kleber. E mais uma vez, como nos contos de fadas, um sapatinho mudou uma história. E dessa vez, por mais que não fosse de cristal, tinha o selo de qualidade da Joaninha.

Brechó Joaninha

Endereço: Avenida das Rosas, 357, bairro São Pedro – Itabira/MG
Instagram
Telefone: (31) 3066-5432 / (31) 9 9910-8127

MAIS NOTÍCIAS