Terceiro dia de leilão de lotes da Prefeitura de Itabira tem baixa procura

Nesta sexta-feira (8) acontece o último dia do pregão

Terceiro dia de leilão de lotes da Prefeitura de Itabira tem baixa procura
Comissão permanente de licitação conduziu os trabalhos do pregão

Dos 14 lotes colocados à venda no pregão realizado pela Prefeitura de Itabira nesta quinta-feira (7), apenas três foram arrematados. A expectativa é que fossem arrecadados, no mínimo, R$ 1.503.483,10. Contudo, apenas R$ 259.318,50 foram recebidos – quase cinco vezes menos do que o esperado. O leilão de lotes acontece desde terça-feira (5). Foram disponibilizadas 48 áreas públicas e, até ontem, 15 foram vendidas. 

A Prefeitura de Itabira estimava arrecadar R$ 8.306.520,18 nos quatro dias do leilão de lotes. No entanto, nos três primeiros dias de pregão a arrecadação foi de R$ 3.989.470,33 – pouco a mais do que a metade do valor total estipulado (R$ 7.960.920,18) esses dias. O dinheiro, de acordo com o Executivo, será usado para construção de mais moradias populares

Nesta quinta-feira, foram vendidos: um lote na rua Antônio Lopes Esteves, no bairro Bálsamos; um lote na avenida Olímpio Domingos Cardoso, esquina com rua João Martins de Souza, no Fênix; e um lote na rua professora Izabel Eliziário Barbosa, no Novo Amazonas. As demais 11 áreas públicas não receberam propostas.

O conteúdo continua após o anúncio

Último dia

Nesta sexta-feira (8), último dia do pregão, serão leiloados oito áreas públicas. Todas estão localizadas na rua Treze, no bairro Colina da Praia. Cada imóvel foi avaliado em R$ 57.600 – valor mínimo para venda. A expectativa é que sejam arrecadados, pelo menos, R$ 345.600. 

O pregão presencial acontece no auditório da Prefeitura, a partir de 9h. Conforme o edital do leilão, o maior preço ofertado por cada imóvel deverá ser pago em duas parcelas: 50% até o primeiro dia útil depois da abertura das propostas e, o restante, deduzidos os 5% de sinal, em até três dias após a homologação do processo licitatório.

MAIS NOTÍCIAS