Trabalhadores rejeitam proposta de PLR da Anglo American

A maioria dos trabalhadores que participaram de assembleias deliberativas em Conceição do Mato Dentro rejeitou a proposta de pagamento da Participação nos Lucros e Resultados (PLR) oferecida pela Anglo American. Os encontros aconteceram na segunda (3) e nesta terça-feira (4), com a participação de 1099 funcionários da mineradora. Segundo o Sindicato Metabase, a empresa ofereceu […]

Trabalhadores rejeitam proposta de PLR da Anglo American
Mais de mil trabalhadores da Anglo American participaram de assembleias – Foto: Divulgação|Trabalhadores votaram sobre PLR – Foto: Divulgação Metabase|André Viana defendeu rejeição da PLR – Foto: Divulgação Metabase

A maioria dos trabalhadores que participaram de assembleias deliberativas em Conceição do Mato Dentro rejeitou a proposta de pagamento da Participação nos Lucros e Resultados (PLR) oferecida pela Anglo American. Os encontros aconteceram na segunda (3) e nesta terça-feira (4), com a participação de 1099 funcionários da mineradora.

Segundo o Sindicato Metabase, a empresa ofereceu 4,2 salários de bonificação aos trabalhadores de escalões mais baixos e 5,2 às chefias. A diferenciação foi um dos motivos que levaram à rejeição. Dentre os votantes, 653 foram contrários à proposta, 429 foram favoráveis, 9 se abstiveram, 6 votaram em branco e 2 anularam os votos.

Trabalhadores votaram sobre PLR – Foto: Divulgação Metabase

O presidente do Metabase, André Viana, defendeu a rejeição da proposta. Para ele, os números registrados pela empresa no primeiro trimestre de 2019 mostram que a oferta de PLR pode ser mais robusta. “A produção de minério de ferro do Minas-Rio atingiu 4,9 milhões de toneladas no primeiro trimestre desde ano, um crescimento de 61% em relação ao mesmo período de 2018, quando havia extraído 3 milhões de toneladas. Isso não é motivo para uma PLR melhor?”, questionou.

André Viana ainda ressaltou que os trabalhadores e a diretoria do Sindicato Metabase fizeram parte dos movimentos pela liberação da licença ambiental da Etapa 3 do Minas-Rio e que isso deveria ser levado em consideração pela Anglo American no momento de apresentar a proposta de PLR.

“As assembleias estão sendo prestigiadas pelo trabalhador, eles estão mais atentos e percebendo que merecem mais consideração, mais respeito e reconhecimento da empresa. O ‘chão de fábrica’ tem de ser mais respeitado pelo alto escalão da mineradora, afinal, são eles que produzem, batem recordes e fazem da Anglo uma grande empresa”, defendeu o sindicalista.  

André Viana defendeu rejeição da PLR – Foto: Divulgação Metabase

O Metabase, agora, encaminhará à direção da Anglo American o resultado da assembleia e o pedido para reabertura das negociações.