Uma história de inspiração familiar e dedicação ao ensino

Na infância, Luciana Amaral cresceu vendo os pais administrarem o negócio da família; adulta, seguiu o caminho do empreendedorismo e da educação

Uma história de inspiração familiar e dedicação ao ensino
O conteúdo continua após o anúncio


Algumas trajetórias se iniciam ainda no berço, ganham contornos ao longo da infância e adolescência e se desenvolvem na fase adulta — para, quem sabe, a um almejado final feliz. Essas linhas traduzem um pouco da trajetória de Luciana Morais Amaral, 35 anos, que cresceu vendo os pais construindo o próprio negócio, descobriu cedo a sua vocação e, agora, também busca no empreendedorismo, à frente da escola de línguas Number One, realizar a sua paixão.

“Eu sempre apoio quem quer empreender, mas eu acho que não pode ser um sonho por si só. Tem que partir desse sonho, mas com planejamento, análise de mercado e diferencial, tanto na qualidade quanto na equipe. É o que eu procuro lá no Number One: qualidade na equipe de professores, que saibam o que estão fazendo na sala de aula e realmente saibam falar inglês”, explica Luciana Amaral.

A relação da empresária com a escola que atualmente dirige começou ainda muito cedo. Aos 10 anos, Luciana começou os seus estudos em inglês no Number One, onde conheceu o método de ensino que viria a acompanhar em sua trajetória profissional. Pois, aos 17 anos, decidiu cursar Letras e, consequentemente, a língua inglesa.

Ela, enquanto cursava faculdade, deu aulas em outras escolas e redes de ensino, além de intercâmbios EUA, Inglaterra e Canadá, mas não se encontrou como professora. Mas, quando retornou à Itabira, foi contratada para dar aulas no Number One — “foi quando me apaixonei pela profissão e me reencontrei”, conta Luciana Amaral, que também é Especialista em Ensino de Língua Estrangeira pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

Há sete anos na direção da escola, a empresária revela que o maior desafio que encontrou foi o de não ter criado a escola, que está tem 40 anos de tradição no mercado itabirano. Luciana é a quarta proprietária do Number One, que, curiosamente, sempre teve mulheres à sua frente.

“O grande desafio foi dar continuidade ao trabalho que já vinha sendo feito. Desde a fundadora da escola em Itabira até a Cida Magalhães, que foi quem me passou o negócio, foram mulheres. O Number One tinha muito da identidade dela, que é uma mulher de personalidade e de bastante presença dentro do negócio, então as pessoas viam o Number One da Cida. Ocupar esse espaço foi desafiador. Nunca querendo substituí-la, mas tentando encontrar meu espaço na escola”, avalia Lucianal Amaral.

Inspiração familiar

Se hoje vem se realizando profissionalmente como educadora e empresária, a inspiração por empreender vem da família. Quando Luciana tinha apenas um ano, Sergio Amaral e Margarida Morais Amaral inauguraram a lanchonete Sanduixin & Sanduixão — e ficaram à frente do negócio por 27 anos, se tornando referências para o empresariado itabirano. “Eu cresci e aprendi a trabalhar, administrar e a cuidar do dinheiro vendo-os fazendo”, conta.

Reconhecendo a importância de Sergio Amaral como administrador — “quando se fala em Sanduixin, todos pensam no meu pai”, afirma —, é em Margarida Amaral que tem como grande exemplo.

“A minha mãe é um grande exemplo e sempre foi a base de tudo. Ela sempre esteve atrás como uma grande gestora de pessoas, grande administradora financeira e, além de tudo isso, uma mulher que cuidava da casa, das quatro filhas e da nossa educação — escolhendo a escola, o curso de inglês e, foi aí, que começou a minha história com o Number One, pois fui aluna graças a uma escolha que a minha mãe fez”, ressalta Luciana Amaral.

Uma história de inspiração familiar e dedicação ao ensino
Sergio Amaral, Luciana Morais Amaral e Margarida Morais Amaral. Foto: Divulgação

A escola

O Number oferece curso de inglês a partir dos três anos até a fase adulta. De acordo com a empresária, o principal objetivo da escola de idiomas é entregar aos alunos o que eles buscam: ensino completo da língua inglesa em suas quatros habilidades, ouvir, falar, ler e escrever.

“O aluno do Number One termina o curso com as quatro habilidades. É muito comum vermos pessoas que conseguem ler em inglês, mas não conseguem falar. O nosso aluno não, ele aprende inglês por completo “, analisa Luciana Amaral.

A dedicação ao aluno e a qualidade dos professores também são destacados pela empresária. “Cada aluno é importante e as pessoas percebem o nosso cuidado com cada um deles. Os nossos alunos não são apenas um número, uma matrícula a mais. São seres humanos e vamos dar seguir o caminho com eles de mãos dadas, seja na dificuldade que tiver no processo seja na vitória que conquistar no curso”, garante Luciana Amaral.

Uma história de inspiração familiar e dedicação ao ensino
Luciana Amaral com o marido Paulo Henrique e o filho Pedro. Foto: Divulgação

Serviço

Number One
Endereço: Rua Joaquim Murtinho, 50, bairro Pará
Telefones: (31) 3831-3281 e (31) 3831-0543
Site: http://www.numberoneitabira.com.br/
Facebook: https://www.facebook.com/NumberOneIta/
Instagram: https://www.instagram.com/numberoneitabira/

MAIS NOTÍCIAS