46º Festival de Inverno de Itabira alcança audiência de 15 mil pessoas

Fundação Cultural Carlos Drummond de Andrade comemora o sucesso da primeira edição totalmente on-line

46º Festival de Inverno de Itabira alcança audiência de 15 mil pessoas
Foto Gustavo Linhares
O conteúdo continua após o anúncio

No último domingo, 20 de setembro, a Fundação Cultural Carlos Drummond de Andrade (FCCDA), comemorou o encerramento da 46ª edição do Festival de Inverno de Itabira em grande estilo. Palco dos shows transmitidos por meio de lives, a Fazenda do Pontal recebeu os itabiranos da banda Rivotrio sem Receita e o projeto Wilson Sideral Tropical Blues.

Além disso, a FCCDA apresentou, por meio de vídeos, os pontos de cultura Casa do Brás, Casa de Drummond, Memorial Carlos Drummond de Andrade e Fazenda do Pontal. Os corpos estáveis da Fundação Cultural também tiveram destaque. Assim, o público assistiu a declamações do Drummonzinhos e apresentações do grupo Tumbaitá, da Orquestra de Câmara da Escola Livre de Música e do Coral da FCCDA.

Durante um bate papo após sua apresentação, o cantor Wilson Sideral falou sobre como a cultura tem se mostrado essencial para as pessoas nesse momento de pandemia. Ele comemorou o fato do público local ser tão participativo e ter aderido prontamente ao formato online. E ainda ressaltou a importância do Festival de Inverno de Itabira para a cultura itabirana e para o cenário artístico mineiro.

Programação diversificada

Considerado um dos eventos mais tradicionais da cultura itabirana, o Festival de Inverno de Itabira, em 2020, comemorou 46 anos homenageando os 300 anos de Minas Gerais e foi realizado inteiramente online. Normalmente realizado no mês de julho, dessa vez o Festival aconteceu entre os dias 11 e 20 de setembro. A programação, totalmente desenvolvida para transmissão online, contou com oficinas de música e gastronomia, exposições, espetáculos teatrais, bate papos, palestras, contações de histórias e shows.

Ao longo dos 10 dias de Festival, o público pôde acompanhar os eventos por meio de vídeos e transmissões ao vivo realizadas no canal da Fundação Cultural Carlos Drummond de Andrade (FCCDA) no Youtube. Para as apresentações musicais, o local escolhido pela FCCDA foi a Fazendo do Pontal. Por lá passaram atrações como Matheus Macávima, Maurício Tizumba, Felipe Bedetti, Tadeu Franco, banda Caco de Vidro, Congadar, Brasil in Conserto, Groove Minas, A Palo Seco, Trio Conceição e Rubinho do Vale.

“Chegamos ao final do 46º Festival de Inverno de Itabira com a certeza do dever cumprido. Principalmente por termos conseguido promover mais uma edição do nosso tradicional festival mesmo com todos os desafios impostos pela pandemia da Covid-19. Diante desse cenário, vimos a necessidade de buscar alternativas para levar arte à população, além de fomentar a produção cultural. Conseguimos com o auxílio da internet e das novas mídias! Essa nova experiência demonstra que é possível se adaptar e que a cultura é, sim, movimento de resistência”, destacou Martha Mousinho, superintendente da FCCDA.

O conteúdo continua após o anúncio

Um dos grandes sucessos desse Festival foram as oficinas de gastronomia. Com a temática totalmente voltada para Minas Gerais, não faltaram receitas de comidas típicas como arroz de arado, pão de queijo, pastel de angú, galinhada, broa de fubá, entre outros.

O Festival de Inverno conseguiu alcançar um bom número de expectadores. Ao todo, mais de 15 mil pessoa visualizaram toda a programação. Além disso, o canal de FCCDA a mais de 1100 inscritos. Entre as lives mais assistidas estão a da noite de abertura, com 2200 visualizações; a segunda noite de atrações com 2300 visualizações e a noite de encerramento com 1600 visualizações.

Formato on-line

Esse novo modelo para produção de eventos permitiu que a FCCDA levasse arte e entretenimento para o itabirano mesmo em um momento em que as atividades com público estavam suspensas. Além disso, criou uma alternativa para fomentar o setor cultural, bastante impactado pelas medidas de contenção da Covid-19.

E mais: com os vídeos e transmissões ao vivo pela internet foi possível levar a cultura itabirana e mineira para outras cidades, estados e países, ampliando o alcance das atividades realizadas pela Fundação Cultural.

O 46º Festival de Inverno de Itabira foi realizado pela Prefeitura Municipal de Itabira e da FCCDA e teve patrocínio da Vale. O evento, ainda, contou com apoio da Valenet, Origami Propaganda, Unimed Itabira, Soiér Odontologia, Estância do Sol, Fazenda Gramagô, Restaurante da Lili, Aradíssimo, Nutri Vida e Instituto ITI.

Confira a galeria de fotos do evento!

MAIS NOTÍCIAS