Confira as dicas para garantir proteção adequada para a pele

Verão privilegia as atividades ao ar livre e reforça a importância do cuidado com a pele

Confira as dicas para garantir proteção adequada para a pele

A proteção solar adequada previne a vermelhidão (eritema), a queimadura solar e o fotoenvelhecimento da pele. O uso do protetor deve se tornar um hábito diário de cuidado pessoal. E a Sociedade Brasileira de Dermatologia reforça a importância dos cuidados, redobrados no verão, como o uso de proteção solar e a visita regular ao dermatologista para garantir o diagnóstico precoce em caso de câncer de pele.

“O mercado dispõe de inúmeras opções para atender a preferência e a necessidade de cada consumidor. Inclusive produtos livres de sensorial oleoso, mais leves e agradáveis ao uso diário e com proteção altamente efetiva e de longa duração”, explica Vinicius Bim, especialista em inovação para produtos cosméticos.

Separamos algumas dicas para uma proteção efetiva:

Fator de proteção

Quanto maior o Fator de Proteção Solar, maior a chance de estar se protegendo adequadamente. A sensibilidade à radiação varia de acordo com os diferentes tipos de pele, mas o recomendado é que se use pelo menos o FPS 30 – principalmente para peles claras.

Uso adequado

Os protetores começam a promover seu efeito imediatamente após a aplicação correta, mas a medida do fator de proteção solar considera como quantidade adequada a aplicação – que equivale a uma colher de chá aplicada sobre o rosto, por exemplo. Há estudos que indicam que, na prática, as pessoas usam a metade da quantidade que foi usada na realização dos testes. Isso reforça a importância de aplicar da forma mais uniforme possível, para garantir a proteção e evitar queimaduras e manchas na pele. É importante também seguir as informações que estão no rótulo do protetor.

Na praia ou piscina, onde a incidência é mais direta e por um período maior, é preciso ficar atento à reaplicação, pois perdemos proteção pelo suor ou depois de um mergulho.

Melhor produto

Há diversos produtos, formulações, texturas disponíveis no mercado, como géis, cremes, loções, sprays e os consumidores devem procurar protetores que tenham um sensorial prazeroso. Isso porque é fundamental que o usuário goste do produto e se sinta confortável para incluí-lo como parte dos hábitos diários de cuidado pessoal.

Dias Nublados

Mais de 80% da radiação ultravioleta (UVA) atravessa as nuvens. Portanto é necessário utilizar protetor solar mesmo em dias nublados, para proteger especialmente desse tipo de radiação que penetra mais profundamente na pele, causando o fotoenvelhecimento.

Ambientes fechados

Vale ressaltar que o uso do fotoprotetor é importante mesmo dentro de ambientes fechados. Nesses locais estamos expostos, além dos raios UVA que atravessam os vidros das janelas e continuam agindo sobre nossa pele, também a fontes artificiais de luz que, emitem outras radiações, como luz visível, que contribuem para o fotoenvelhecimento.

Serviços relacionados