Prevenção poderia evitar ou retardar 57% dos casos de diabetes

Procurar o médico e fazer exames são apontadas como principais medidas que ajudariam a prevenir a doença

Prevenção poderia evitar ou retardar 57% dos casos de diabetes

Os casos de diabetes vêm crescendo no Brasil. De acordo com o Ministério da Saúde, entre 2006 e 2016, houve um aumento de 61,8%. O órgão também aponta que atualmente existem 12,5 milhões de pessoas com diabetes no Brasil – o equivalente a 7% da população. Esses valores levaram o país a estar entre as quatro nações com maior número de diabéticos do mundo, segundo a Federação Internacional de Diabetes (IDF).

Para ressaltar a importância da realização de exames de prevenção, a Sociedade Brasileira de Patologia Clínica/Medicina Laboratorial realizou uma pesquisa* que revela: 57% dos entrevistados que possuem diabetes, afirmaram que deveriam ter feito exames com mais antecedência para detectar a doença. Além disso, 49% ressaltam que deveriam ter buscado atendimento médico antes para prevenir ou retardar o problema.

“Não raramente, a doença é diagnosticada somente quando os sintomas das complicações crônicas do diabetes se manifestam. Nesta fase a doença já se encontra em estágio avançado. Segundo a IDF atualmente 1 em cada 2 adultos com diabetes ainda não foi diagnosticado. Este contingente representa 212 milhões de diabéticos no mundo que não estão sendo tratados”, explica o  diretor de científico da SBPC/ML, Nairo Sumita.

A Sociedade Brasileira de Patologia Clínica/Medicina Laboratorial (SBPC/ML) é uma Sociedade de Especialidade Médica, fundada em 1944 e que atua na área de laboratórios clínicos. Com sede na cidade do Rio de Janeiro, tem como finalidade reunir médicos com Título de Especialista em Patologia Clínica/Medicina Laboratorial e de outras especialidades como farmacêutico-bioquímicos, biomédicos, biólogos e outros profissionais de laboratórios clínicos, além de empresas do setor.

A especialidade médica responde por apoio a 70% das decisões clínicas do país, influenciando desfechos e resultados econômicos da assistência à saúde. Em 2019, a SBPC/ML lançou a campanha #ImportantePrevenir, uma ação de orientação e conscientização da população sobre a importância da realização de exames laboratoriais de forma racional, sobretudo na fase preventiva, de assistência primária, pois eles são usados frequentemente para prevenção, diagnóstico e monitoramento do tratamento de doenças.

São sintomas da diabetes

  • Poliúria – a pessoa urina demais e, como isso a desidrata, sente muita sede (polidpsia);
  • Aumento do apetite;
  • Alterações visuais;
  • Impotência sexual;
  • Infecções fúngicas na pele e nas unhas;
  • Feridas, especialmente nos membros inferiores, que demoram a cicatrizar;
  • Neuropatias

(Dino Distribuidor de Notícias)