Falso investidor que aplicou golpes em Minas é preso no Rio de Janeiro

Em Uberlândia, golpista causou prejuízo de ao menos R$ 130 mil a um investidor; no Sul de Minas, foram R$ 2 milhões

Falso investidor que aplicou golpes em Minas é preso no Rio de Janeiro
Foto: Polícia Civil/Divulgação

Um homem de 25 anos foi preso em Angra dos Reis, no Rio de Janeiro, após representação da Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG), que o investigava por golpes superiores a R$ 2 milhões nas cidades de Pouso Alegre e Uberlândia, no Sul de Minas e região do Triângulo Mineiro, respectivamente. Conforme as investigações, o falso investidor se passava por “trader”, um investidor do mercado financeiro.

Depois de entrar em contato com as vítimas, o investigado as convencia a investir grande volume de recursos com a promessa de rápido retorno financeiro. Após um tempo, o suspeito desaparecia com o dinheiro das vítimas.

Em decorrência da apuração dos golpes, a PCMG em Pouso Alegre representou pela prisão preventiva do suspeito, no último ano. Desde então, ele estava foragido, e o mandado foi cumprido pelas forças policiais do Estado do Rio de Janeiro, na última quarta-feira (21).

Em Uberlândia, foi instaurado inquérito pela 2ª Delegacia de Polícia Civil a partir da denúncia de prejuízo de R$ 130 mil por uma das vítimas. Já em Pouso Alegre, o prejuízo das vítimas foi superior a R$ 2 milhões. A partir do cruzamento de informações entre as equipes policiais mineiras, o paradeiro do foragido foi descoberto em Angra dos Reis (RJ).

Na casa onde o suspeito morava, os policiais encontraram contratos em branco, procurações de supostas vítimas, cartões de visita, planilhas de cálculos de rendimentos do dinheiro aplicado, além de cartões de bancos e notebooks, cujos bens, segundo apuração, foram comprados com o dinheiro subtraído dos cartões bancários de vítimas. Agora, a PCMG procura identificar se o golpista agia com comparsas em Uberlândia e se há mais vítimas.

MAIS NOTÍCIAS