Hulk desabafa e reclama de perseguição de árbitros após empate do Atlético

Atacante diz que jogadores assumem a responsabilidade pelo tropeço.

Hulk desabafa e reclama de perseguição de árbitros após empate do Atlético

O atacante Hulk deixou o campo visivelmente irritado depois do empate do Atlético diante da Chapecoense, por 1 a 1, nesta segunda-feira, no Mineirão, pelo Campeonato Brasileiro. Além da perda de pontos preciosos em casa pelo Galo, ele reclamou da arbitragem por lances em que recebeu marcação pesada dos adversários e que não foram punidas com infração. 

Hulk saiu do gramado conversando com o árbitro Rodolpho Toski Marques e os assistentes. O atacante gesticulou muito e deixou evidente a reclamação com um possível pênalti não marcado, no segundo tempo, em que houve a checagem do VAR, além de faltas cometidas pelos adversários. Além disso, o cartão amarelo aplicado pelo juiz, em uma lance em que buscou recuperar a bola perto da área da Chape, foi outro ponto questionado. 

Imagens – Hulk tenta se desvencilhar da marcação: atacante reclamou de faltas e da perseguição de árbitros

MAIS NOTÍCIAS