Mutirão da Dengue vistoria cerca de 400 imóveis no bairro Rosário, em João Monlevade

As visitas fazem parte da rotina da Vigilância em Saúde municipal (Visa)

Mutirão da Dengue vistoria cerca de 400 imóveis no bairro Rosário, em João Monlevade
Mutirão aconteceu no bairro Rosário, em João Monlevade. Foto: Heverton Elias/Acom PMJM

Com informações da prefeitura de João Monlevade

Cerca de 400 imóveis foram vistoriados no bairro Rosário durante o mutirão de combate à dengue realizado no sábado (2). Ao todo os Agentes de Combate a Endemias (ACEs) e Agentes Comunitários de Saúde (ACSs) estiveram em 388 endereços, contando residências, estabelecimentos comerciais, lotes e terrenos baldios.

As visitas fazem parte da rotina da Vigilância em Saúde municipal (Visa), mas em função do aumento do casos de dengue que ocorrem em Minas Gerais e no Brasil todo, a Prefeitura de João Monlevade intensificou o trabalho que tem sido feito com frequência nos últimos sábados, com o apoio de outras secretarias.

No último fim de semana, além da Secretaria Municipal de Saúde, a ação teve a participação das secretarias de Meio Ambiente e de Serviços Urbanos. Diferente dos mutirões realizados nos bairros Sion e Teresópolis, a atividade no bairro Rosário teve como foco as vistorias. Ainda que o recolhimento de materiais que acumulam água não tenha sido uma prioridade, o trabalho resultou na coleta de dois caminhões e uma caminhonete de entulho.

De acordo com a supervisora de endemias da Visa, Renata Santos, o mutirão do Rosário foi positivo. “O objetivo da ação foi cumprido com bastante êxito. Seguimos monitorando a localidade com relação aos casos de dengue. Pedimos ajuda da população para combater os focos de mosquitos e evitar as doenças transmitidas por eles”, destacou.

Além dos cuidados básicos, como evitar água parada e manter a limpeza frequente dos imóveis e caixas d’água, é essencial o uso de repelentes nas partes do corpo que ficam expostas, como braços e pernas, para evitar a picada do mosquito.

cassino criptomoedas