Percussão Circular faz campanha para arrecadar recursos e inaugurar nova sede

Projeto é encabeçado pelo musicista Di Souza, um dos grandes personagens do Carnaval de BH

Percussão Circular faz campanha para arrecadar recursos e inaugurar nova sede
Musicista Di Souza regendo o bloco Circulandô (Foto: Divulgação/ Bloco Circulandô)

A Percussão Circular é um projeto que foi criado em 2014 pelo ativista, músico e multi-instrumentista Christiano de Souza Oliveira, mais conhecido como Di Souza. Um protagonista no cenário cultural de Belo Horizonte e também personagem de grande importância no Carnaval de Rua da capital, Di Souza enxergou a necessidade de popularizar a formação de mais batuqueiros para o carnaval belorizontino.

A escola foi iniciada com 5 pessoas e hoje, já contém mais de 200, além de ter formado mais de 5 mil pessoas, por meio de blocos, aulas, oficinas, workshops e eventos culturais. Para continuar o movimento e com a vontade de evoluir a cada dia, a Percussão Circular criou uma campanha de financiamento para reformar a nova sede.

A Percussão Circular tem enfrentado algumas dificuldades por conta da pandemia da Covid-19 e, além disso, precisou entregar o espaço onde estava realizando o projeto. Agora, preparam um novo espaço para manter vivo o batuque em Belo Horizonte. A nova casa da Percussão Circular será um casarão no bairro Floresta, local que será inaugurado entre os dias 10, 11 e 12 de dezembro.

Porém, para viabilizar a reforma do espaço, o musicista e fundador do Projeto, Di Souza, juntamente com a equipe, lançaram uma campanha de financiamento coletivo (aqui) com o objetivo de arrecadar R$ 50 mil e conseguir reformar a nova sede.

As doações podem ser feitas até 15 de dezembro e o valor arrecadado será revertido para reformas estruturais na sede. As obras da reforma incluem os componentes importantes de acústica e o organização de todo o espaço, como a montagem da sala de música.

 

MAIS NOTÍCIAS