Polícias Militar, Civil e Ambiental prendem suspeito de ser autor de áudios ameaçadores em Monlevade

O jovem de 19 anos ainda tentou resistir, agredindo os policiais

Polícias Militar, Civil e Ambiental prendem suspeito de ser autor de áudios ameaçadores em Monlevade
Policiais das três corporações trabalharam em conjunto – Foto: Divulgação/PMMG

Como avisado em nota pelas polícias Militar e Civil, o crime virtual também tem punição. H.J.G.M., de 19 anos, foi preso na no início da noite desta segunda (7), no bairro Santa Cecília, em João Monlevade. Ele é o responsável pelos áudios que circulam em rede social, amedrontando a população local. Como já informado pela DeFato, os áudios contém ameaças à população e aos policiais. O clima de medo ganhou força após o assassinato do 3 sargento Célio Ferreira, que morreu durante combate ao tráfico de drogas, no bairro São João, no último dia 28.

Os militares faziam patrulhamento pelo bairro Santa Cecília, quando avistaram o suspeito com duas gaiolas com passarinhos. Foi dada ordem de parada a ele, que desobedeceu. Durante abordagem , foi constatado que ele era o responsável pela gravação dos áudios citados.

O conteúdo continua após o anúncio

A Polícia Civil foi acionada. O homem foi questionado sobre os áudios. Neste momento, além de jogar o celular contra um muro a fim de  tentar esconder a autoria do crime virtual, ele resistiu à prisão e agrediu os policiais com socos e chutes, sendo contido pelos mesmos. O celular foi recolhido para perícia.

O suspeito ainda terá que responder por crime ambiental, já que dois pássaros da fauna silvestre foram encontrados com ele. H.J.G.M. foi preso e todo o material com ele foi apreendido.

MAIS NOTÍCIAS