A advogada Beatriz Guerra mostra o “caminho das pedras” para as mulheres na política

A advogada Beatriz Martins da Costa Guerra foi professora e coordenadora do curso de Direito da Fundação Comunitária de Ensino Superior de Itabira (Funcesi). Atualmente, é consultora e dá palestras sobre a importância da participação da mulher no processo político. Com poucas palavras, ela define claramente a causa do pouco interesse das brasileiras pela atividade […]

A advogada Beatriz Martins da Costa Guerra foi professora e coordenadora do curso de Direito da Fundação Comunitária de Ensino Superior de Itabira (Funcesi). Atualmente, é consultora e dá palestras sobre a importância da participação da mulher no processo político. Com poucas palavras, ela define claramente a causa do pouco interesse das brasileiras pela atividade político-partidária.

“O Brasil ainda tem uma sociedade muito patriarcal e machista, onde se acha que a política é uma atividade exclusivamente para homens”, assinala.

A missão de ser mãe despertou o interesse dessa professora para essa área. “Eu gostaria de salientar que fazer política é diferente de fazer politicagem. O que me despertou para esse tema é o fato de eu ser mãe. Isso porque, dentro de casa, a gente ensina com exemplos e palavras. Eu vivia reclamando muito do Brasil, do Estado [Minas Gerais] e da minha cidade. Às vezes, reclamava do meu bairro e da minha rua. Mas percebi que não estava fazendo nada para mudar essa situação. E aí, quando os meus filhos chegavam em casa e reclamavam de alguma coisa, eu incentivava para que eles procurassem alguma solução para o problema. Eu entendo que cada cidadão é responsável pela mudança que ele pretende realizar”, salienta.

Beatriz Guerra participou do programa “Sala de Visitas” da TV DeFato e deu detalhada entrevista. A palestrante demonstrou porque a presença da mulher é imprescindível na política. Confira a seguir:

cassino criptomoedas