A pergunta que não quer calar: até quando dura o frio?

Previsão feita pelo Climatempo aponta para temperaturas entorno dos 11° ao longo da próxima semana

A pergunta que não quer calar: até quando dura o frio?
Foto: Banco de imagens

De acordo com o Climatempo, a posição da massa de ar polar que atingiu o país desde a última semana ainda está sobre as regiões sul e sudeste. Por isso, o frio segue firme e forte, inclusive com novas possibilidades de geada e temperaturas baixas.

Cidades como Belo Horizonte bateram recorde de temperaturas baixas, para o período, e devem seguir resgitrando menos de 10ºC nos termômetros. Os ventos devem chegar a uma velocidade de 18 km/h e provocar sensações térmicas perto dos 4°C.

Mesmo com o ar frio se afastando em direção ao oceano, o aumento gradativo das temperaturas só deve acontecer a partir da segunda-feira (23). Ainda assim, ao longo da próxima semana, as máximas previstas para a região de Itabira não devem passar dos 25°C.

Tendências para os próximos dias

Durante a próxima semana e até o fim do mês de maio, os dias seguem o padrão normal dentro da Climatologia. Com uma massa de ar seco atuando no centro-sul do Brasil, os índices de umidade do ar tendem a cair causando chuvas repentinas e grande amplitude térmica, ou seja, manhãs e noites frias, mas com tardes quentes.

Os modelos meteorológicos indicam ainda que, em meados de junho, há previsão para a chegada de uma nova massa de ar polar, que resulta em uma onda de frio tão intensa quanto a observada nos últimos dias.

MAIS NOTÍCIAS