Alarmante: em uma semana, João Monlevade registra novos 305 casos de Covid

Neste momento, dois pacientes estão sendo atendidos no Hospital Margarida

Alarmante: em uma semana, João Monlevade registra novos 305 casos de Covid
Vacinação é um dos antídotos para amenizar os efeitos da infecção. Foto: Divulgação PMJM

O resultado das comemorações do fim de ano chegaram à cidade de João Monlevade. Do dia 5 de janeiro de 2022 até o dia 12 foram registrados novos 305 casos do coronavírus. Essa semana analisada vem de encontro ao que o Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) sugere, sendo que os sintomas podem aparecer de 2 a 14 dias após a exposição ao vírus, denominado período de incubação. Geralmente, os sintomas aparecem a partir do quinto dia de infecção ativa.

No dia 30 de dezembro de 2020, apenas nove pessoas estavam contaminadas pela doença no município, segundo o boletim epidemiológico. Todavia, após as aglomerações no fim de ano, o número de infectados aumentou drasticamente.

Nessa quarta-feira (12) foram registrados novos 94 casos da doença. Essa quantidade de pessoas infectadas em um só dia era registrado no ponto alto da pandemia, demonstrando que a população deve redobrar os cuidados neste momento.

Internados

Neste momento dois pacientes estão internados no Hospital Margarida. Um está no Centro de Terapia Intensivo (CTI) e o outro no setor Enfermaria.

Vacinação

Nesta quinta-feira (13), a Prefeitura de João Monlevade, por meio da Vigilância em Saúde (Visa), prossegue com a aplicação das três doses da vacina contra o coronavírus. Em todos os locais de vacinação a imunização ocorre de 13h as 16h, a pé, exceto na Policlínica (Antigo PA) onde a aplicação será de 13h as 16h.

Os adolescentes de 12 a 17 anos, que ainda não se vacinaram, receberão a primeira dose nos seguintes locais: Policlínica (Antigo PA) no bairro Belmonte, centro Social Urbano (CSU) no bairro Loanda, centro de Saúde do bairro Santo Hipólito, centro de Saúde do bairro Novo Cruzeiro, centro de Saúde do bairro Laranjeiras, centro de saúde do bairro Cidade Nova e no centro de Saúde Padre Hildebrando no bairro Vila Tanque.

Nestes mesmos locais também haverá a terceira dose para: pessoas de 18 anos ou mais que receberam a segunda dose há, pelo menos, quatro meses; gestantes e puérperas (de 18 anos ou mais) que receberam a segunda dose há, pelo menos, cinco meses e imunossuprimidos que receberam a segunda dose há, pelo menos, 28 dias.

Pessoas que receberam a primeira dose de Janssen há, pelo menos, dois meses, serão vacinadas com a dose de reforço na Policlínica (Antigo PA).

Segunda dose

Quem tomou a primeira dose de Pfizer há, pelo menos, 21 dias, receberá a segunda dose nos mesmos locais de vacinação dos adolescentes.

Quem tomou a primeira dose de AstraZeneca há, pelo menos, 56 dias, receberá a segunda dose no centro de saúde Padre Hildebrando ou no centro de saúde do bairro Cidade Nova.

Pessoas que receberam a primeira dose de Coronavac há, pelo menos, 28 dias, deverão se dirigir ao centro de saúde do bairro Novo Cruzeiro para receber a segunda aplicação.

Repescagem

Os adultos (pessoas de 18 anos ou mais) que ainda não receberam a primeira dose da vacina devem procurar o centro de saúde Padre Hildebrando ou o centro de saúde do bairro Cidade Nova. Em ambos os locais haverá repescagem para os adultos.

MAIS NOTÍCIAS