Anglo American adota sistema home office no setor administrativo

Medida visa conter a disseminação do Coronavírus (Covid-19)

Anglo American adota sistema home office no setor administrativo
Unidade da Anglo American em Conceição do Mato Dentro – Foto: Divulgação

A Anglo American anunciou nessa sexta-feira (20) medidas para conter a disseminação do Coronavírus (Covid-19) em todas as suas unidades no Brasil. Desde quinta-feira (19), os empregados administrativos que trabalham na empresa entraram em regime de trabalho remoto (home office). Têm acesso às instalações somente as equipes essenciais à continuidade da operação.

O conteúdo continua após o anúncio
“A Anglo American tem como prioridade a saúde e segurança dos empregados, fornecedores, comunidades vizinhas às operações e de toda a sociedade. Nesse sentido, com a rápida expansão das taxas de contaminação pelo novo Coronavírus no Brasil, a empresa está tomando uma série de medidas que visam diminuir a propagação da infecção”, diz nota enviada à imprensa pela mineradora.

Os empregados que tiverem contato com pessoas que estiveram nas áreas de risco nos últimos 14 dias foram orientados a trabalhar de casa por 14 dias. Em toda a empresa, profissionais com qualquer sintoma de resfriado passam a trabalhar em sistema de home office. Além disso, as reuniões estão sendo feitas, preferencialmente, por vídeo conferência e outros mecanismos à distância.

As viagens internacionais e nacionais estão canceladas, bem como eventos com aglomeração de pessoas. A empresa promete manter comunicação contínua com os empregados, com orientações sobre como se proteger da contaminação. Nos refeitórios, estão sendo adotadas medidas de distanciamento entre as pessoas de pelo menos um metro nas filas e mesas. Rotinas de limpeza ainda mais rígidas e reforçadas acontecem nos refeitórios, banheiros e salas de reunião. Além disso, será feira a aferição de temperatura das pessoas que necessitam acessar as instalações da empresa. Álcool em gel será distribuido para os empregados, bem como disponibilização do álcool nas áreas comuns.

MAIS NOTÍCIAS