Assembleia de Minas discutirá Plano Estratégico Ferroviário

A Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), em conjunto com diversas instituições públicas e privadas do Estado, criará uma mesa permanente para o desenvolvimento de um Plano Estratégico Ferroviário para Minas Gerais. O anúncio foi feito, nesta quinta-feira (27), pelo deputado João Leite (PSDB), presidente da Comissão Extraordinária Pró-Ferrovias Mineiras da ALMG, durante reunião. De acordo […]

Assembleia de Minas discutirá Plano Estratégico Ferroviário
Foto: Luiz Santana/ALMG

A Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), em conjunto com diversas instituições públicas e privadas do Estado, criará uma mesa permanente para o desenvolvimento de um Plano Estratégico Ferroviário para Minas Gerais. O anúncio foi feito, nesta quinta-feira (27), pelo deputado João Leite (PSDB), presidente da Comissão Extraordinária Pró-Ferrovias Mineiras da ALMG, durante reunião.

De acordo com o deputado, esse plano estratégico deverá fixar metas de curto, médio e longo prazo, que serão vinculadas, respectivamente, à lei orçamentária, ao plano plurianual e ao Plano Mineiro de Desenvolvimento Integrado (PMDI).

Na mesma reunião, o subsecretário de Transportes e Mobilidade da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Mobilidade, Diogo Prosdocimi, disse que o governo tem a intenção de retomar um planejamento estrutural e logístico de longo prazo. “Queremos voltar com um planejamento que ajude a Assembleia a não militar sozinha nos clamores pelo transporte ferroviário”, afirmou o subsecretário.

O conteúdo continua após o anúncio

O anúncio foi feito durante reunião da Comissão Pró-Ferrovias que discutiu problemas logísticos envolvendo a infraestrutura ferroviária, rodoviária e urbana do município de Araguari (Triângulo Mineiro), e a necessidade de investimentos logísticos na região.

Durante a reunião, o deputado Raul Belém (PSC), ex-prefeito de Araguari, apresentou um vídeo mostrando que a localização de um pátio de triagem anexo ao terminal ferroviário da VLI Multimodal S.A., naquele município, vem provocando danos à pavimentação asfáltica de vias públicas, aumentando as despesas da prefeitura com manutenção.

Além disso, como o terminal fica ao lado de um bairro carente de Araguari, o bairro de Novo Horizonte, o deputado Raul Belém afirmou que a longa permanência de caminhoneiros em filas criadas para descarregar suas mercadorias, naquele local, vem estimulando problemas sociais, tais como tráfico de drogas e prostituição.

MAIS NOTÍCIAS