Autores de “arrastão” em áreas evacuadas de Barão de Cocais são presos

Dois homens foram presos na manhã desta quinta-feira (13), em Barão de Cocais, apontados como autores dos furtos a residências evacuadas na comunidade de Socorro, que foi evacuada, devido ao risco de rompimento da barragem Sul Superior da Mina de Gongo Soco. As prisões foram resultado de uma operação realizada pela Polícia Civil, denominada “Socorro”. […]

Autores de “arrastão” em áreas evacuadas de Barão de Cocais são presos
Policiais civis e militares prenderam dois acusados do arrastão em áreas evacuadas – Fotos Divulgação||Objetos furtados e recuperados pela polícia

Dois homens foram presos na manhã desta quinta-feira (13), em Barão de Cocais, apontados como autores dos furtos a residências evacuadas na comunidade de Socorro, que foi evacuada, devido ao risco de rompimento da barragem Sul Superior da Mina de Gongo Soco. As prisões foram resultado de uma operação realizada pela Polícia Civil, denominada “Socorro”. Um terceiro autor identificado continua foragido. 

Desde a evacuação, no dia 8 de fevereiro, que o acesso às comunidades localizadas na área de autossalvamento está proibido. No dia 26 de abril, no entanto, os proprietários do imóvel tiveram a notícia de que ladrões fizeram um arrastão nas casas, revirando e destruindo, além de roubar vários objetos. O fato revoltou a população e muitos voltaram aos seus imóveis para registrar a ação dos bandidos. 

O conteúdo continua após o anúncio

A Polícia Civil instaurou um inquérito para apurar os furtos. Após as investigações, três autores dos furtos foram identificados: L.V.S.J., K.J.S. e M.G.S. Os três tiveram as prisões preventivas decretadas pela Justiça. De posse dos mandados de prisão, policiais civis e militares localizaram e prenderam L. e K. O terceiro autor não foi localizado e é considerado foragido.

Operação foi realizada em conjunto pela Polícia Civil e Militar

Ainda conforme a Polícia Civil, produtos furtados já tinha sido recuperados no dia 30 de abril escondidos na residência de um casal – M.D.J.G. e J.L.S.. Na época, os dois foram presos pelo crime de receptação. 

Objetos furtados e recuperados pela polícia

MAIS NOTÍCIAS