Bar do Rosa, famoso ponto de encontro de estudantes da PUC, pede ajuda em vaquinha virtual

O bar costumava ser um local de lazer para estudantes da PUC antes da pandemia de Covid-19

Bar do Rosa, famoso ponto de encontro de estudantes da PUC, pede ajuda em vaquinha virtual
(Foto: Sara Zeferino)

O Bar do Rosa é um reduto famoso e querido por estudantes da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC-MG), no Coração Eucarístico. O estabelecimento costumava ser ponto de encontro para festas, calouradas e comemorações dos universitários.

Porém, por conta da pandemia do novo coronavírus, o Bar do Rosa precisou fechar de um dia para outro e pegou Careca, o dono do estabelecimento, de surpresa. Gustavo Farias, filho de Careca, contou à DeFato Online que o fechamento do bar prejudicou bastante o negócio da família.

“Quando começou a pandemia, a gente estava investindo em loja, essas coisas. Então assim, veio a pandemia e de um dia pro outro o movimento praticamente zerou. A gente tentou ficar aberto um tempo, não conseguimos porque a despesa era muito alta. Então ficou bem puxado. (O bar) Fechado tava dando menos prejuízo que aberto.”

Gustavo relatou que, assim que foi definido o fechamento dos bares em Belo Horizonte, ele e o pai decidiram focar no restaurante da família, que fica no Coração Eucarístico e é ponto de referência pra alunos e funcionários da PUC. “A gente falou, ‘vão lá pra baixo’, tentar melhorar o movimento, achando que as aulas (na PUC) poderiam voltar em fevereiro deste ano. E não voltaram. No movimento aqui no restaurante eu tinha uma média de 250 refeições por dia. De um dia pro outro começou a ter vinte”, relatou.

Além disso, o chefe de cozinha também conta que a margem de lucro caiu muito, não só por conta da pandemia, mas também por conta do aumento no valor dos preços dos alimentos. Gustavo relatou que, mesmo sem os alunos da PUC, ele ainda consegue um bom movimento no restaurante, porém, é difícil segurar e pagar as dívidas.

Ajude o Bar do Rosa

A filha do Careca, iniciou campanha de vaquinha virtual para ajudar o pai a sanar as dívidas do bar e conta com ajuda para não fechar o estabelecimento. Gustavo afirma que “o que vier de coração vai ser bem-vindo e qualquer valor ajuda” e as doações podem ser feitas tanto pelo link da vaquinha virtual quanto também por pix, que consta na conta do Instagram do bar.

Gustavo afirma que tudo está sendo feito de forma bem transparente sobre as doações feitas ao Bar do Rosa. “O negócio está bem transparente, está tudo bem aberto. Vai ter um pessoal aí prestando contas, tudo certinho”, ressaltou o chefe de cozinha.

 

MAIS NOTÍCIAS