Câmara aprova áreas para construção 750 apartamentos populares

A Câmara de Itabira aprovou nesta terça-feira (16) o projeto de lei 74/2019 que autoriza o governo municipal a vender 24 lotes em diversos bairros. A estimativa de arrecadação é de R$ 8 milhões, dinheiro que será investido na construção de 750 apartamentos populares no bairro Fênix, através do programa Minha Casa, Minha Vida. A […]

Câmara aprova áreas para construção 750 apartamentos populares
Foto: Thamires Lopes/DeFato Online

A Câmara de Itabira aprovou nesta terça-feira (16) o projeto de lei 74/2019 que autoriza o governo municipal a vender 24 lotes em diversos bairros. A estimativa de arrecadação é de R$ 8 milhões, dinheiro que será investido na construção de 750 apartamentos populares no bairro Fênix, através do programa Minha Casa, Minha Vida.

A matéria foi aprovada por 12 votos favoráveis e dois votos contrários. Apenas os vereadores Reginaldo das Mercês Santos (PTB) e Weverton Leandro Santos Andrade “Vetão” (PSB) votaram contra. Na semana passada, o prefeito Ronaldo Lage Magalhães (PTB) enviou ao Legislativo o registro de alguns desses imóveis e a autorização de desafetação de áreas verdes. Os documentos foram anexados ao projeto.

Justiça determina prisão do vereador Agnaldo Enfermeiro em Itabira

+ Câmara de Itabira aguarda notificação da Justiça para convocar suplentes 

A construção dos apartamentos também está diretamente ligada ao projeto de lei 75/2019, que permite à Prefeitura ceder à Caixa Econômica Federal três áreas no bairro Fênix, onde serão erguidas as moradias. A matéria por unanimidade.

Um terceiro projeto, 76/2019, que dá ao município autorização para receber a doação de dois terrenos, um no bairro Praia e outro no Água Fresca, que serão usados para conclusão da avenida Espigão também foi aprovado. A via interliga essas duas regiões. Reginaldo Santos foi o único que votou contrário à matéria.

Os projetos foram votados em primeiro turno. Na semana que vem as matérias voltam à pauta para serem apreciadas em segundo turno.