Febre amarela na região: São Gonçalo tem 1 caso confirmado; Santa Bárbara investiga 2

Em boletim divulgado pela Secretaria de Estado de Saúde, subiu para 15 o número de mortos em Minas

Febre amarela na região: São Gonçalo tem 1 caso confirmado; Santa Bárbara investiga 2
André Borges/Agência Brasília

Em comunicado, a Prefeitura de São Gonçalo do Rio Abaixo confirmou um caso de febre amarela no município. O caso confirmado é de um homem de 42 anos, residente na localidade rural do Matias e trabalha em área florestal (Estação Ambiental do Peti). Ele foi internado no último dia 11, no Hospital Carlos Chagas, em Itabira, e recebeu alta nesta quarta-feira, 17 de janeiro.

No município, outro caso de suspeita da doença é investigado. Trata-se de um homem, de 44 anos, morador da localidade de Gralhos. Ele está internado desde o dia 13, no Hospital Eduardo de Menezes, em Belo Horizonte.

O setor de Vigilância em Saúde do município desmentiu uma publicação compartilhada nas redes sociais, informando que um homem morreu em decorrência da febre amarela. A mensagem diz que o trabalhador da estação do Peti teve óbito nesta quarta-feira, o que segundo a pasta não é procedente.

Em dezembro de 2017, o município teve a confirmação da morte de um macaco por febre amarela na zona rural de Abre Campo. Em função da circulação do vírus, a vacinação contra a febre amarela está sendo intensificada e ocorre em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS) do município.

Santa Bárbara

Em Santa Bárbara, dois casos da doença em humanos estão sob investigação, informou a Secretaria Estadual de Saúde. No município, macacos foram encontrados mortos neste mês de janeiro. DeFato entrou em contato com a Prefeitura do município e um posicionamento é aguardado.

Em todo o estado, foram confirmados 22 casos de Febre Amarela, dos quais 15 pessoas morreram. Outros 46 casos continuam em investigação nos municípios de Barra Longa (1), Belo Horizonte (4), Brumadinho (4), Caeté (2), Carmo da Mata (1), Carmo do Parnaíba (1), Estrela do Indaiá (1), Itatiaiuçu (1), Itaúna (2), Juiz de Fora (1), Mariana (9), Nova Lima (3), Piranga (1), Poço Fundo (1), Ponte Nova (1), Porto Firme (3), Rio Acima (1), Sabará (2), Santa Bárbara (2), Santa Luzia (1), Santa Rita de Minas (1), São Gonçalo do Rio Abaixo (1), Teófilo Otoni (1) e Viçosa (1).