Sobem para nove os casos de febre amarela em Itabira

Município divulgou nesta quinta-feira um novo boletim, em que os casos notificados da doença totalizam 50

Sobem para nove os casos de febre amarela em Itabira
Itabira terá novo mutirão de vacinação neste sábado. Foto: Valdecir Galor/SMCS

Em boletim divulgado hoje, 15 de março, a Secretaria de Saúde de Itabira informa que subiram para nove os casos confirmados da febre amarela silvestre na cidade. Desses, seis evoluíram para morte e um recebeu alta hospitalar, conforme a pasta. Outros 11 casos continuam em investigação.

Das seis pessoas que morreram, apenas uma é mulher. Todas as mortes confirmadas até o momento ocorreram em menos de 30 dias – entre os dias 27 de janeiro e 21 de fevereiro deste ano. Os infectados tinham entre 38 e 54 anos e eram moradores dos bairros Major Lage, Barreiro, Morro do Chapéu (zona rural), Campestre, Cachoeira (zona rural) e Gabiroba de Cima.

O conteúdo continua após o anúncio

A sexta morte confirmada é do itabirano Fernando Márcio de Andrade, 39 anos, conhecido por “Boneco”. Ele estava internado com sintomas da doença no Hospital Felício Rocho, em Belo Horizonte, e morreu em 21 de fevereiro.

Ao todo, 50 casos da doença foram notificados à Secretaria Municipal de Saúde até o momento, dos quais 30 foram descartados. A análise de amostras dos infectados é feita pela Fundação Ezequiel Dias (Funed), em Belo Horizonte.

Neste sábado, 17, o município fará um novo mutirão de vacinação. A população será atendida de 8h às 16h nas unidades de saúde dos bairros Santa Ruth/Santa Marta e Pedreira I/Pedreira II, além da Policlínica Municipal.

Serviços relacionados