Catas Altas adere “turismo responsável” durante a pandemia

Santuário do Caraça, considerado uma das Sete Maravilhas da Estrada Real, chama a atenção de turistas pelo potencial ecoturístico

Catas Altas adere “turismo responsável” durante a pandemia

-Matéria veiculada no Jornal DeFato Cidades Mineradoras 

Para reabrir as portas aos turistas que visitam Catas Altas e buscam suas trilhas, cachoeiras, pousadas, restaurantes e uma conhecida igreja em estilo gótico, o Santuário do Caraça aderiu ao programa “Turismo Responsável”, do Ministério do Turismo. A proposta estabelece boas práticas de higienização e protocolos sanitários. Além disso, o selo é visto como um incentivo para que os consumidores se sintam seguros ao viajar e frequentar locais que cumpram protocolos específicos para a prevenção da Covid-19. Sendo assim, o complexo do Santuário do Caraça é posicionado como um destino protegido e responsável. 

Com isso, de acordo com a assessoria de comunicação do local, diversas medidas foram tomadas. “Houve a obrigatoriedade do distanciamento social, tanto entre colaboradores, quanto entre visitantes, além do uso obrigatório de máscaras em qualquer espaço fora dos quartos (em caso de hóspedes), aferição da temperatura corporal, limpeza das mãos com álcool 70% e desinfecção de espaços”, destaca.

Obedecendo ao decreto municipal 94/2020, da Prefeitura de Catas Altas, também ficou estabelecido que não poderão visitar ou se hospedar pessoas pertencentes ao grupo de risco, como maiores de 60 anos, hipertensos, diabéticos, gestantes e imunodeprimidos ou portadores de doenças crônicas. Já para aqueles que podem fazer a visita, é importante seguir as orientações de distanciamento e higienização que são repassadas ao turista na entrada do complexo.

Estrutura do local

O conteúdo continua após o anúncio

O Complexo do Caraça possui enorme diversidade de fauna e flora, com raridades de animais e plantas no meio ambiente. Na ampla diversidade de sua fauna, há 386 espécies de aves, 42 de répteis, 12  de peixes e 76 de mamíferos.

A Reserva Particular do Patrimônio Natural do Santuário do Caraça faz parte de duas importantes reservas ecológicas: a da biosfera da Serra do Espinhaço Sul e a da Mata Atlântica. No local, há diversas espécies de flora e fauna, algumas encontradas somente no Complexo do Santuário do Caraça, que fica na transição entre Mata Atlântica e Cerrado, onde também há campos rupestres. Em suas serras há nascentes, ribeirões e lagos que possuem águas de coloração escura, que carreiam material orgânico em suspensão.

Bicame de Pedra

Um dos mais importantes patrimônios históricos de Catas Altas, o aqueduto Bicame de Pedra foi construído por escravos no final do século XVIII para transportar a água da Serra do Caraça até a localidade de Brumado, onde se lavava o ouro. 

O Bicame de Pedra é um ponto turístico obrigatório para quem viaja pela região da Serra do Caraça. Para chegar ao Bicame de Pedra, é necessário passar por uma estrada de terra, atrativo para trilhas de bike, moto, ou até mesmo caminhadas. 

O Bicame de Pedra é composto por uma muralha de pedra seca, tendo a parte mais alta 5,10 metros de altura. Restaram apenas 200 metros da construção original. Há uma escadaria na lateral do aqueduto que concede o acesso à parte superior do atrativo, possibilitando uma visão ampla do Bicame.

MAIS NOTÍCIAS