Cinco pessoas são mortas e quatro ficam feridas em chacina durante churrasco

Duas das pessoas assassinadas não participavam da confraternização; crime é investigado pela polícia

Cinco pessoas são mortas e quatro ficam feridas em chacina durante churrasco
Foto: Divulgação / Polícia Civil

Um crime violento assustou os moradores de Vila Velha, no Espírito Santo. Cinco pessoas foram mortas e quatro ficaram feridas durante uma chacina durante um churrasco que acontecia em uma casa do bairro Darly Santos. A motivação do crime, que ocorreu na noite do último sábado (16), ainda é investigada pela Polícia Civil.

Segundo testemunhas, quatro indivíduos teriam invadido a residência e atirado nas pessoas que estavam no evento, durante a confraternização. Das vítimas atingidas, quatro morreram no local; quatro foram baleadas e uma pessoa morreu no Hospital Estadual Antônio Bezerra de Farias.

O número de pessoas que estava no churrasco, no momento da chacina, não foi divulgado. De acordo com a Polícia Civil, duas das vítimas assassinadas não participavam do evento. Elaine Cristina Machado, de 49 anos, ouviu o barulho dos tiros, foi até a rua para ver o que estava acontecendo e foi morta com dois tiros.

“Ela morava perto de onde aconteceu o crime. Ela ouviu o barulho [dos tiros] e foi ver o que estava acontecendo. A Elaine não gosta de festas. Só saia de casa para a igreja”, disse o genro da vítima ao site UOL.

Felipe dos Santos, de 31 anos, trabalhava em uma barraca de verduras próximo ao local e foi baleado. Ele chegou a ser socorrido pelos familiares, mas não resistiu e morreu ao dar entrada no hospital. Já José Quintino Filho, de 59 anos, era líder comunitário do bairro Darly Santos e foi baleado na costela e nas costas.

As outras duas vítimas, Claudionor Liberato, de 59 anos, aposentado, e José Roberto, que não teve a idade divulgada, estavam no churrasco e foram baleados duas vezes. Os outros quatro feridos também foram baleados e estão internados no hospital.

MAIS NOTÍCIAS