Com oficinas teatrais gratuitas, projeto “Partiu Trabalho!” beneficiou 60 jovens em Barão de Cocais

Com patrocínio da J.Mendes, as ações foram realizadas de 14 a 30 de junho na Escola Estadual Padre Heitor

Com oficinas teatrais gratuitas, projeto “Partiu Trabalho!” beneficiou 60 jovens em Barão de Cocais
Créditos/Divulgação: Annynha e Cley Fotografia

De 14 a 30 de junho de 2022, cerca de 30 estudantes da Escola Estadual Padre Heitor, em Barão de Cocais (MG), participaram das oficinas gratuitas de artes cênicas do projeto “Partiu Trabalho!”.

Com o objetivo de oferecer capacitação e ajuda no desenvolvimento de habilidades sócio emocionais, visando a inserção desses jovens no mercado de trabalho, as oficinas mesclaram técnicas artísticas e pedagógicas, abordando temas como comunicação, expressão corporal, prática do improviso, integração, trabalho em equipe, cenografia e organização cênica.

Os estudantes tiveram contato com ferramentas de desenvolvimento de habilidades que os auxiliaram a se expressar melhor, para serem compreendidos de forma mais eficaz, exercitaram a abertura para conversar com pessoas de diferentes perfis, foram incentivados a lidar com imprevistos e até a organizar o seu próprio ambiente de trabalho.

No dia 04 de julho, foi realizada uma apresentação teatral aberta a toda escola e à comunidade, na qual os jovens aplicaram as técnicas e todo aprendizado das oficinas. No mesmo dia, aconteceu uma palestra com o tema “Artes cênicas e sua importância na cultura”

Nesta cidade, o projeto é patrocinado pela J.Mendes, empresa com unidades em Minas Gerais, que se preocupa com a responsabilidade social e sustentável. Por isso apoia ações como esta, que visam melhor e maior conscientização, além de potencializar a transformação local.

O projeto “Partiu Trabalho” é uma realização do Ministério do Turismo via Secretaria Especial de Cultura com produção da Sancell e apoio da Komedi Projetos.

 Sobre a J.Mendes: Com 56 anos de trajetória, a J. Mendes é uma empresa mineradora que, ao longo de sua operação, ampliou seus negócios voltando sua estratégia aos segmentos de Mineração, Agronegócio, Gestão de Imóveis, Gestão de Terminais e Aviação. Com constantes investimentos em tecnologia, pesquisa e desenvolvimento, a J. Mendes está entre as empresas mais reconhecidas do Brasil.

Sobre o Ministério: Principal ferramenta de fomento à Cultura do Brasil, a Lei de Incentivo à Cultura contribui para que milhares de projetos culturais aconteçam, todos os anos, em todas as regiões do país. Por meio dela, empresas e pessoas físicas podem patrocinar espetáculos – exposições, shows, livros, museus, galerias e várias outras formas de expressão cultural – e abater o valor total ou parcial do apoio do Imposto de Renda. A Lei também contribui para ampliar o acesso dos cidadãos à Cultura, já que os projetos patrocinados são obrigados a oferecer uma contrapartida social, ou seja, eles têm que distribuir parte dos ingressos gratuitamente e promover ações de formação e capacitação junto às comunidades. Criado em 1991 pela Lei 8.313, o mecanismo do incentivo à cultura é um dos pilares do Programa Nacional de Apoio à Cultura (Pronac), que também conta com o Fundo Nacional de Cultura (FNC) e os Fundos de Investimento Cultural e Artístico (Ficarts). Essas ações são patrocinadas pela empresa J.Mendes.

MAIS NOTÍCIAS