Depois de vídeo pedindo de desculpas, DJ Ivis tem habeas corpus negado

Detido na última quarta-feira, ele foi preso preventivamente por risco de fuga e transferido para a Unidade Prisional Irmã Imelda Lima Pontes

Depois de vídeo pedindo de desculpas, DJ Ivis tem habeas corpus negado
Foto: Reprodução / Internet

Iverson de Souza Araújo, o DJ Ivis, voltou a ser assunto nessa segunda-feira (19) depois de ter o pedido de habeas corpus negado pela Justiça, no sábado (17). O músico está preso desde o dia 14 de julho, por agressão à ex-esposa, Pamella Hollanda.

Transferido para o presídio Irmã Imelda Lima Ponte, em Aquiraz, região metropolitana de Fortaleza, no Ceará, na última sexta (16), DJ Ivis teve o cabelo raspado e a foto ganhou as redes sociais. A unidade prisional é de segurança máxima e o agressor seguirá detido de forma preventiva por tempo indeterminado. O DJ responderá por lesão corporal e, em caso de condenação, pode ficar até três anos preso em regime aberto ou semiaberto.

A agressão cometida por DJ contra a ex-mulher, Pamella Hollanda, foi flagrada por um circuito de câmeras de segurança e divulgada no último 11 de junho. O crime ocorreu em março deste ano, conforme denunciou a ex-companheira de DJ Ivis.

Pedido de desculpas

DJ Ivis gravou um vídeo antes de ser preso pedindo desculpas e assumindo o que chamou de “erro”. A mensagem foi divulgada no sábado (17) pelo advogado do cantor, Igor Coutinho. “Eu estou me vendo sozinho, tentando ser forte, mas não existe mais força. Eu estou passando aqui pra dizer pra cada um de vocês, pra você que é mãe, pra você que é filha, pra você que é pai, pra você que é família, pra você, Pamella: eu errei, assumo meu erro”, afirmou.

Conforme o advogado do cantor, a mensagem foi gravada cerca de 20 minutos antes de ele ser preso. “Sou difícil pra chorar, já levei muita pedrada, mas eu sempre tive que ser forte. Muita gente já tentou me derrubar, mas eu sozinho me derrubei e não posso voltar atrás”, acrescenta.

“A intenção de Ivis, ao reconhecer os erros que cometeu, era pedir perdão à Pamella, às mulheres, aos fãs e a todos que decepcionou”, afirmou o advogado Igor Coutinho.

MAIS NOTÍCIAS