Duas mulheres são mortas após carro ser alvejado em BH

O veículo era emprestado por um traficante e elas teriam sido confundidas

Duas mulheres são mortas após carro ser alvejado em BH
Foto: Arquivo

Duas mulheres morreram vítimas de disparos após carro ser cercado e alvejado por criminosos na noite desta quinta-feira(12), no bairro Goiânia, região nordeste de Belo Horizonte. Segundo a Polícia Militar, o veículo em que elas estavam era de um traficante e há a suspeita de que elas teriam sido mortas por engano.

No carro, estavam a dona de um bar, Verônica Sabrina Ambrozio, uma das vítimas, o marido e o filho dela, e Cláudia Reis, funcionária do estabelecimento, outra vítima do crime. Segundo o marido de uma das vítimas, ele estava no banco de trás com o filho e assim que Cláudia desembarcou do carro, ele iria para o banco do carona. Porém, ele ouviu os barulhos de tiros e percebeu que a esposa, que dirigia o carro, estava caída e o veículo descia o morro.

Ele tentou acionar o freio de mão, mas não obteve sucesso. Ao perceber que o carro continuaria descendo, buscou proteger o filho do impacto do carro contra um poste. Apesar do impacto, nenhum dos dois apresentou ferimentos.

À Polícia Militar o marido de uma das vítimas disser ter a alertado sobre os riscos de usar o carro do traficante, mas a mesma alegou que o mesmo era cliente do bar e teria oferecido o veículo emprestado. Verônica acabou aceitando já que o carro dela estava em uma oficina.

A Polícia Civil esteve presente no local e segue investigando o caso.

MAIS NOTÍCIAS