Em sua 47ª edição, Festival de Inverno de Itabira destacou manifestações artísticas de rua

O evento, promovido pela FCCDA, contou com cerca de 200 artistas e aconteceu em formato híbrido — presencial e on-line — devido a pandemia de Covid-19

Em sua 47ª edição, Festival de Inverno de Itabira destacou manifestações artísticas de rua
Foto: Divulgação/FCCDA
O conteúdo continua após o anúncio


Realizado entre os dias 9 e 31 de julho, o Festival de Inverno de Itabira chegou ao fim da sua 37ª edição com objetivo de valorizar as manifestações artísticas de rua e descentralizando as atividades culturais na cidade. O evento, promovido pela Fundação Cultural Carlos Drummond de Andrade (FCCDA), contou com cerca de 200 artistas em sua grade programação, que aconteceu em formato híbrido — presencial e on-line — devido a pandemia de Covid-19.

Com o tema “Resistência Cultural, Onde Está a Cultura?”, o 47º Festival de Inverno de Itabira montou uma programação buscando fomentar o setor cultural local neste momento de enfrentamento da pandemia de Covid-19 — sem deixar de estabelecer um diálogo com as questões políticas e artísticas da cidade.

Em 23 dias, o evento levou ao público itabirano shows musicais, intervenções artísticas de rua, espetáculos teatrais, exposições, contações de histórias, apresentações de dança, declamação de poesias e oficinas. As atividades foram realizadas em 20 bairros de Itabira, além dos distritos de Ipoema e Senhora do Carmo.

De acordo com a assessoria de comunicação da FCCDA, durante o 47º Festival de Inverno de Itabira aconteceram 26 intervenções artísticas de rua; 28 shows no espaço Resistência Cultural; 22 oficinas, com a participação de 150 pessoas; três exposições e dois espetáculos teatrais.

“Neste ano, o Festival de Inverno chegou com um novo formato, buscando dialogar com o ‘novo normal’. Por isso fizemos um evento híbrido, de forma planejada. Ressalto a valorização do artista itabirano e a descentralização do evento, que chegou com ações nos bairros e distritos de Itabira reconhecendo as personalidades locais e valorizando nossas manifestações culturais”, afirmou Marcos Alcântara, superintendente da Fundação Cultural Carlos Drummond de Andrade.

Homenagens

Durante o 47º Festival de Inverno de Itabira foram prestadas homenagens à duas personalidades importantes para a cultura itabirana: Myrian Brandão e Dr. Jairo Magalhães.

Em sua 47ª edição, Festival de Inverno de Itabira destacou manifestações artísticas de rua
Foto: Divulgação/FCCDA

MAIS NOTÍCIAS