Entenda funcionamento do Banco de Alimentos, que assumirá prédio do Restaurante Popular em Itabira

Serviço está em atividade em Itabira desde 2010 como auxílio a produtores da agricultura familiar

Entenda funcionamento do Banco de Alimentos, que assumirá prédio do Restaurante Popular em Itabira
Banco de Alimentos será transferido para prédio do Restaurante Popular – Foto: Acom PMI

A Prefeitura de Itabira anunciou nesta quinta-feira (5) que o prédio projetado para receber o Restaurante Popular passará a abrigar, no ano que vem, o Banco de Alimentos Municipal e a Secretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento (SMAA).

Inaugurado em 2010, o Banco de Alimentos está localizado na sede atual da SMAA (rua Santana, no bairro Penha) e sua função é apoiar a comercialização dos produtos vindos da agricultura familiar, evitar o desperdício de alimentos, ampliar a segurança alimentar e atender as entidades filantrópicas da cidade. Em Itabira, o serviço serve ainda como área de apoio à merenda escolar.

O conteúdo continua após o anúncio

O banco funciona por meio de políticas públicas, como o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), e, principalmente, com doações de centrais de abastecimento (Ceasa), supermercados e produtores. Além disso, a Prefeitura promove eventos para captar doações: Festival de Inverno e ações esportivas, por exemplo.

Até novembro deste ano, a Secretaria de Agricultura captou 16.084 quilos de alimentos, que foram distribuídos proporcionalmente, ou seja, de acordo com o número de pessoas assistidas em cada entidade.

Atualmente, cerca de quatro mil pessoas são beneficiadas nas seguintes instituições: Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae); Associação de Proteção à Infância Nosso Lar; Conselho Municipal do Bem Estar do Menor (Combem); Cáritas Diocesana; Lar de Ozanam; Associação de Proteção à Maternidade e Infância de Itabira (APMII); Associação Municipal Assistencial Itabirana (Amai); Secretaria Municipal de Assistência Social (SMAS); hospitais Municipal Carlos Chagas e Nossa Senhora das Dores; e Secretaria Municipal de Educação (SME).

MAIS NOTÍCIAS