Governador busca apoio para agilizar duplicação da BR-381

O governador de Minas, Romeu Zema, tenta, em Brasília, buscar recursos para as obras de duplicação da BR-381. Em diversos trechos, os trabalhos estão parados. O chefe do Executivo estadual cumpriu agenda nesta terça-feira, dia 26, na capital federal, e se reuniu com senadores mineiros e participou do Fórum de Governadores. Ele chegou a Brasília […]

Governador busca apoio para agilizar duplicação da BR-381

O governador de Minas, Romeu Zema, tenta, em Brasília, buscar recursos para as obras de duplicação da BR-381. Em diversos trechos, os trabalhos estão parados. O chefe do Executivo estadual cumpriu agenda nesta terça-feira, dia 26, na capital federal, e se reuniu com senadores mineiros e participou do Fórum de Governadores. Ele chegou a Brasília na segunda-feira, dia  25. Além da BR-381, o setor da mineração também foi alvo das articulações políticas. As informações são da Agência Minas. 

“Precisamos agilizar a duplicação da BR-381, as obras da barragem Jequitaí. São investimentos federais que Minas, mais do que nunca, precisa neste momento, porque estamos fortemente afetados por causa da retração na área de mineração”, afirmou o governador. Os assuntos foram tratados pelo governador com o ministro Onyx Lorenzoni (Casa Civil) e na Agência Nacional de Mineração (ANM). Posteriormente, Zema se encontrou com os senadores mineiros, em que foi relatado suas reuniões e solicitado apoio dos parlamentares. 

O conteúdo continua após o anúncio

Dnit

Até hoje não foram retomadas as obras de duplicação no lote 7, trecho de quase 40 quilômetros que vai do entroncamento do Rio Una, entre São Gonçalo do Rio Abaixo e Barão de Cocais, ao acesso à MG-435, em Caeté. No último dia 20, o coordenador de Engenharia do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) em Minas Gerais, Sergio Garcia, garantiu a prefeitos e vereadores da região do Médio Piracicaba, em uma reunião na sede do órgão, em Belo Horizonte, que as obras de expansão do trecho  serão entregues até 31 de dezembro deste ano.