Governo Estadual anuncia nomeação de mil professores aprovados em concurso

Este é o primeiro lote de chamamento de 2020. Meta é chegar a oito mil novos servidores até julho deste ano

Governo Estadual anuncia nomeação de mil professores aprovados em concurso
Foto: freepik.com

O governador Romeu Zema (Novo) anunciou, nessa quarta-feira (4), a nomeação de mil servidores aprovados em concurso para atuarem na rede estadual de ensino. Todos os cargos nomeados são de Professor de Educação Básica (PEB), de diferentes disciplinas. As nomeações são referentes aos cargos disponibilizados no edital nº 07/2017 e contemplam vagas em municípios de todas as 47 Superintendências Regionais de Ensino de Minas Gerais (SREs).

“Esta é uma antiga e justa reivindicação dos profissionais da Educação. Os novos professores passaram em concurso público realizado em 2017, porém, não tinham sido nomeados ainda. Esses professores vão contribuir, e muito, para o desenvolvimento da Educação em Minas Gerais”, destacou o governador.

“Eles entram nas unidades com uma nova metodologia, que visa garantir efetividade no ensino. Em Minas, o aluno tem que sair da escola tendo de fato aprendido. A minha meta é aumentar a nota dos estudantes no Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica). Para isso, começamos a reorganizar, no ano passado, toda a rede. As nomeações fazem parte desse processo”, completou Romeu Zema.

Este é o primeiro lote de nomeações publicados neste ano. A ação integra a política de valorização profissional da Secretaria de Estado de Educação (SEE). A pasta já nomeou, desde o último ano, mais de 2,9 mil servidores para atuarem na rede estadual. Foram realizados três lotes de nomeações. O primeiro ocorreu em agosto de 2019, quando foram feitas mil nomeações. Ainda no ano passado, em outubro, outros dois lotes de chamamento dos aprovados em concurso foram executados.

Com a publicação da nova lista, serão mais de 3,9 mil novos profissionais atuando na rede estadual. O objetivo, segundo o governador, é chegar a 8 mil novos servidores até julho. Nos próximos dias serão publicados os nomes no Diário Oficial do Estado. Assim, os professores poderão dar início aos trâmites legais para começarem a trabalhar.

MAIS NOTÍCIAS