Hospital Margarida tem a maior taxa de ocupação dos leitos desde o início da pandemia

De acordo com a assessoria da instituição de saúde, 71,42% dos leitos da enfermaria estão ocupados

Foto: Luciano Vidal/DeFato Online

A assessoria do Hospital Margarida, em João Monlevade, informou nesta quinta-feira (12) que a casa de saúde está com a maior taxa de ocupação dos leitos desde o início da pandemia. De acordo com dados divulgados, a enfermaria já está com preenchimento de 71,42% dos leitos. Dos 14 leitos de enfermaria, 10 estão preenchidos, restando quatro disponíveis para receberem pacientes no momento.

Ainda segundo a assessoria, o Centro de Tratamento Intensivo (CTI), no quarto andar, apresenta equipamentos disponíveis para atender dez pacientes simultaneamente; no momento, três estão internadas no local. No ambulatório, destinado para o atendimento de pacientes que apresentam sintomas da doença, cinco leitos de CTI e três de enfermaria estão prontos. Desses, dois leitos de enfermaria estão ocupados e duas pessoas seguem em observação.

Controvérsia

Todavia, a médica plantonista do Hospital Margarida, Maria Eugênia Tótola, publicou em uma rede social, no fim da tarde de ontem (11), que todos os leitos da enfermaria estavam ocupados no momento em que ela estava trabalhando.

O conteúdo continua após o anúncio

No boletim epidemiológico divulgado ontem (11), 1.645 pessoas já testaram positivo para a doença. Dessas, 1.543 já se recuperaram. Isoladas em casa, 79. Em monitoramento, 140 casos são suspeitos. Foram registrados 15 óbitos confirmados no município e um está sob investigação. Vale ressaltar que o hospital é referência para os municípios vizinhos Bela Vista de Minas, Rio Piracicaba, São Domingos do Prata e Nova Era.

Sem resposta

A Prefeitura do município foi questionada pela DeFato Online sobre as controvérsias nos dados informados em boletins e o pronunciamento de Maria Eugênia. Até o fechamento desta matéria, não tivemos retorno. Além disso, questionamos também sobre a lotação dos leitos, se o Executivo está atento à situação, também sem resposta.

MAIS NOTÍCIAS