Atletas e técnicos paralímpicos têm até esta quinta para solicitar bolsas

O benefício podem chegar até R$ 5 mil, bimensalmente, para cada selecionado

Atletas e técnicos paralímpicos têm até esta quinta para solicitar bolsas
A seleção dos beneficiários acontecerá em três etapas – Foto: Banco de Imagens / Divulgação

O prazo para as inscrições no programa Bolsa Atleta e Bolsa Técnico terminam nesta quinta-feira (12). Destinado à seleção de atletas e técnicos paralímpicos para a concessão do benefício, o edital 2019 da ação, prevê a concessão de 88 bolsas. O benefício podem chegar até R$ 5 mil bimensalmente para cada selecionado.

Inscrição

As inscrições serão realizadas através do cadastro no sistema disponível no site. O atleta deve preencher seus dados pessoais e lançar o melhor resultado alcançado nas competições de referência de que participou em 2018. Só poderá ser feito um cadastro de resultado em cada nível de bolsa disponível.

Já o técnico também deve efetuar o cadastro, preenchendo os dados pessoais, associando os resultados dos seus atletas já cadastrados e/ou cadastrando os resultados alcançados por eles nas competições de referência que participou no ano de 2018 ainda não cadastrados no sistema.

No final da inscrição, será gerado um relatório que deverá ser impresso e assinado pelo atleta ou técnico e anexado ao sistema de inscrição, caso este seja selecionado na lista que será divulgada no dia 15 de outubro, nos sites da Sedese  e da Subsecretaria de Esportes , além de publicado no Diário Oficial do Estado.

Categorias

  • Bolsa Atleta Nacional e Internacional, destinadas aos atletas que tenham participado e conquistado, em 2018, uma das três primeiras colocações nas competições de referência de âmbito nacional e internacional.
  • Bolsa Atleta Paralímpico, destina-se, exclusivamente, aos atletas que tenham conquistado medalha de ouro, prata ou bronze ou participado da última edição dos Jogos Paralímpicos, de verão ou de inverno.
  • Bolsa Técnico, com apenas uma categoria e destinada aos técnicos dos atletas paralímpicos aptos a pleitearem a bolsa-atleta nas categorias bolsa-atleta nacional, internacional e paralímpico. 

Etapas

A seleção dos beneficiários se dará em três etapas:

-Homologação, quando haverá a confirmação pela entidade regional ou nacional de administração do desporto dos resultados cadastrados pelos atletas ou técnicos paralímpicos no sistema de inscrição;

-Classificação e seleção dos beneficiários, observando os requisitos de cada categoria e a ordem especificada no edital;

-A análise documental na qual todos os documentos encaminhados pelos atletas e técnicos selecionados na 2ª etapa serão analisados pela Comissão Técnica de Avaliação da Bolsa-atleta e da Bolsa-técnico.

Após esta etapa, o atleta ou técnico selecionado deverá enviar à Secretaria, pelo sistema de inscrição, a documentação comprobatória, especificada no edital, em até cinco dias úteis a contar da notificação que será encaminhada ao e-mail cadastrado.

Mais informações podem ser obtidas na Diretoria de Incentivo ao Esporte de Formação e Rendimento da Sedese pelo e-mail. 

Confira a tabela de vagas e valores: