Itabira confirma 488 pessoas em isolamento domiciliar por Covid-19

Município registrou apenas três novos casos da doença em 24 horas

Itabira confirma 488 pessoas em isolamento domiciliar por Covid-19
Vista aérea de Itabira – Foto: Esdras Vinícius
O conteúdo continua após o anúncio


Neste domingo (19), a Prefeitura de Itabira, por meio do seu boletim epidemiológico, notificou apenas três novos casos do coronavírus nas últimas 24 horas. Agora, Itabira contabiliza 222.137 pacientes confirmados com a doença desde o início da pandemia. Além disso, possui 21.121 recuperados da doença.

Ao todo, 488 pessoas seguem cumprindo isolamento domiciliar. Esses pacientes estão seguindo os protocolos de tratamento em casa, pois apresentam sintomas leves da doença ou estão assintomáticos. Além disso, parte deles pode ainda estar aguardando resultados de teste.

As unidades hospitalares de Itabira estão com seis pacientes internados com a doença, Desses, três estão hospitalizados em enfermaria; e três pacientes estão em leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Não há pacientes itabiranos internados em centros médico-hospitalares de outras cidades.

A taxa de ocupação dos leitos de UTI está em 14%. Dos pacientes, dois são itabiranos e um é de Barão de Cocais. Na enfermaria Covid-19, a ocupação está em 6%. Esse número reflete a internação de sete pacientes itabiranos e cinco pessoas de outros municípios.

Vacinação

Dando continuidade ao cronograma de vacinação contra a Covid-19, a Secretaria de Saúde aplica na próxima semana a segunda dose do imunizante CoronaVac. Na segunda-feira (20) receberam o reforço as pessoas que tomaram a primeira dose no dia 23 de agosto.  Já a terça-feira (21) será dedicada a quem recebeu a primeira dose no dia 24 de agosto.

Em ambos os dias pessoas que possuem 18 anos ou mais e que ainda não tomaram a primeira dose poderão se vacinar. Essa etapa da imunização acontecerá exclusivamente no drive-thru da Prefeitura.

Para receber a vacina é necessário apresentar documento de identificação original com foto, número do CPF e o cartão de vacinação, além do comprovante de endereço. Trabalhadores da indústria de fora da cidade também precisam apresentar declaração de empregabilidade.

Segunda dose garante a imunidade

É importante lembrar que somente com a imunização com a segunda dose as pessoas estão protegidas contra a Covid-19, pois, de acordo com o Ministério da Saúde, sem a completar a vacinação o organismo não foi sensibilizado o suficiente para produzir todos os anticorpos necessários para combater o vírus. A imunização completa de toda a população é necessária para o controle da pandemia da Covid-19.

A SMS orienta que as pessoas que estão com o reforço da vacina em atraso e não tem como se vacinarem no drive-thru podem procurar as unidades do Programa de Saúde da Família (PSF) mais próximo da residência para o agendamento da imunização.

MAIS NOTÍCIAS