Itabirana supera contusão e sobe ao pódio no Brasileiro do Taekwondo 

Érica Adriane Ferreira conquistou o terceiro lugar na categoria Adulto acima de 73kg e lesionou o ombro esquerdo em uma das lutas.

Itabirana supera contusão e sobe ao pódio no Brasileiro do Taekwondo 
A atleta itabirana Érica Adriane Ferreira com seu treinador Daú – Fotos Divulgação

A atleta itabirana Érica Adriane Ferreira deu um show de superação ao disputar o pódio no Super Campeonato Brasileiro de Taekwondo, que aconteceu no último final de semana na Arena Carioca, no Rio de Janeiro. A taekwondista conquistou a medalha de prata na categoria Adulto, acima de 73g, mesmo após ter lesionado o ombro esquerdo em uma das lutas.

De acordo com o professor Sebastião da Luz Primo (Daú), o desempenho da atleta poderia ter sido melhor se não fosse a contusão. “ Machucada, ela não pôde arriscar algumas técnicas e isso impossibilitou uma melhor performance”, disse o professor.  Segundo ele, Érica continua fazendo o tratamento do ombro depois do campeonato e vem se recuperando bem.

A itabirana Érica Adriane Ferreira (2ª à esq. na foto) disputou o Super Campeonato Brasileiro de Taekwondo

O atleta Pedro Henrique Sena também representou Minas Gerais no torneio alcançando o 5° na categoria Infantil, até 30kg. Pedro competiu na disputa pela primeira vez e perdeu a luta, que dava direito ao pódio, nas quartas de final. “ Pedro foi estreante e infelizmente ficou sem medalha. Mas valeu demais a experiência para os dois atletas”, afirma  Daú.

Desafios

O Supercampeonato Brasileiro será disputado nas categorias Infantil, Cadete, Juvenil, Sub-21, Adulto e Master, masculino e feminino. Os melhores atletas de todo país participaram da competição durantes os dias 15,16,17 e 18 de agosto.