LNSD: tradição e inovação caminhando lado a lado

Com 59 anos de história, Laboratório Nossa Senhora das Dores reafirma o pioneirismo sem perder a modernidade de vista

LNSD: tradição e inovação caminhando lado a lado
O atual proprietário do LNSD, Rômulo Rosa, ao lado da sua filha, Fernanda Lage. Foto: Victor Eduardo/DeFato Online
O conteúdo continua após o anúncio


Quando foi fundado em 1962, pelo farmacêutico bioquímico Celso Martins Lage, o Laboratório Nossa Senhora das Dores (LNSD) era o único no segmento a atender em Itabira. Hoje, com 59 anos de história, o empreendimento prova que longevidade é apenas um dos alicerces que o mantém como uma referência no mercado de Itabira e região.

A história do LNSD foi construída a partir de laços familiares. Sobrinho de Celso Lage, o bioquímico farmacêutico Rômulo Rosa se tornou o sucessor do negócio. Ele está lá desde 1981. Agora, como gestor e um dos sócios do laboratório, Rômulo conta com os dois filhos, Lucas Lage Martins Rosa, atual diretor financeiro, e Fernanda Lage Martins Rosa, diretora comercial e administrativa, para assumirem o protagonismo do laboratório. 

De acordo com Fernanda, seu objetivo, ao lado do irmão, é tornar o LNSD ainda mais próximo do itabirano. Para ela, o atendimento mais personalizado, proposto pela nova gestão, estreita a relação dos clientes com o laboratório.

“Temos clientes que estão com a gente desde o início e se tornaram amigos. O atendimento humanizado envolve essa aproximação e a capacidade de criar laços. Nossa equipe é treinada com muito foco no atendimento humanizado, para que fiquemos na memória de cada um dos nosso clientes”, destaca Fernanda.

Outra missão da jovem, formada em Relações Internacionais, é manter a evolução da empresa. “Somos uma empresa pioneira na cidade, cuja história vem se desenvolvendo ao longo dos anos, e a responsabilidade de manter essa evolução é muito grande”, confessa Fernanda.

LNSD
Foto: Victor Eduardo/DeFato Online

Pioneirismo e evolução

A história do LNSD, por vezes, se funde à do Hospital Nossa Senhora das Dores (HNSD), já que ele começou dentro do hospital e ambos vivenciaram um crescimento e desenvolvimento conjunto. Ainda assim, o laboratório sempre foi uma empresa independente.

“A área de saúde tem como principal característica o dinamismo e a tendência a crescer. E aconteceu o mesmo conosco. Chegou uma época em que sentimos a necessidade de abrir outras unidades. Nós precisávamos crescer, tanto em número de clientes quanto tecnologicamente falando”, explica Rômulo Rosa.

Dessa maneira, em 1982, o LNSD abriu uma nova unidade na avenida João Soares Silva. Há 40 anos, a sede da Clínica Haydé, no bairro Penha, se tornava mais uma referência no serviço de excelência prestado pelo laboratório. Essas duas primeiras unidades são, hoje, os núcleos técnicos do LNSD, possibilitando à empresa o investimento em um cartela de serviços laboratoriais mais especializados e com o foco para além das necessidades hospitalares.

Com o passar dos anos, o laboratório cresceu ainda mais com a inauguração de quatro postos de coleta espalhados por Itabira. As unidades da avenida Mauro Ribeiro, Edifício Monjolos, bairro Água Fresca e Village Mall, no bairro Valença, garantem a presença do LNSD em toda a cidade, expandido sua capacidade de atendimento.

Foco nos diferenciais

A diretora comercial, Fernanda Lage, conta que o Laboratório Nossa Senhora das Dores oferece todo tipo de exame laboratorial em suas unidades, com destaque para testes genéticos e sexagem fetal. Além disso, há equipes exclusivas para o atendimento hospitalar 24 horas, bem como para as coletas domiciliares, atendendo as pessoas no conforto das suas casas, com toda a segurança. 

E não para por aí. Na pandemia, o laboratório também passou a ofertar todos os exames para Covid-19: RT-PCR, teste rápido de antígeno, qualitativo e quantitativo de anticorpos, inclusive RT-PCR com identificação das cepas do vírus. Mas, apenas o LNSD consegue realizar, em Itabira, o exame de gasometria. 

“Ele é muito pedido dentro do hospital e tem sido bastante necessário nesse momento de pandemia, muito em função do acometimento pulmonar que a Covid-19 produz. Não há na região outro laboratório que o ofereça o exame de gasometria”, diz Rômulo.

De olho no futuro

Uma das características mais marcantes do laboratório é sempre prestar um serviço de excelência sem perder a inovação de vista. Rômulo Rosa ressalta que o parque tecnológico do LNSD é de última geração. “Ele executa os serviços com a mesma eficácia e garantia de um mega laboratório”, pontua.

Para ele, o crescimento do negócio não passa apenas pelo aumento da estrutura ou do número de equipamentos. A missão do Laboratório Nossa Senhora das Dores é seguir acompanhando a evolução da área.

“Para o futuro, como qualquer empresa, focamos no crescimento em qualidade e boa prestação de serviço, acompanhando a tecnologia e o poder científico. Essa é uma premissa nossa: trazemos para dentro de nossas unidades, a modernidade. Desde a nossa criação, a gente acompanha a evolução dos equipamentos, das pessoas e das ciências”, finaliza Rômulo.

Laboratório Nossa Senhora das Dores

– Endereço: Av. João Soares da Silva, 101, bairro Penha, Itabira
– Telefone: (31) 3831-2514 ou (31) 9.8576-0241
– Redes sociais: Instagram e Facebook
– Site: https://labnsdores.com.br/

MAIS NOTÍCIAS