Minas Gerais registra 19 mortes causadas pelas chuvas

O boletim da Defesa Civil do Estado registrou 10 novos óbitos nessa terça-feira (11)

Minas Gerais registra 19 mortes causadas pelas chuvas
Deslizamento de talude matou duas pessoas em Dores de Guanhães. Foto: Internautas

Somente nas últimas 24h foram confirmadas, pela Defesa Civil de Minas Gerais, mais 10 mortes no Estado em decorrência das chuvas fortes dos últimos dias. O boletim desta segunda-feira (10) registrava nove óbitos e nesta terça-feira (11) o número subiu para 19.

Os dados levam em conta o início do período chuvoso de 2021 e 2022, desde outubro do ano passado. Além disso, nessas mortes não estão contabilizadas os 10 óbitos do acidente em Capitólio, onde uma rocha se desprendeu e atingiu a embarcação das vítimas. Segundo a Defesa Civil ainda é apurado se esses óbitos se relacionam às chuvas.

Veja os locais onde foram registradas mortes por chuva e a quantidade :

Uberaba – 1
Coronel Fabriciano – 1
Nova Serrana – 1
Engenheiro Caldas – 1
Pescador – 1
Montes Claros – 1
Betim – 1
Belo Horizonte – 1
Dores de Guanhães – 2
São Gonçalo do Rio Abaixo – 1
Ervália – 1
Caratinga  – 2
Brumadinho – 5

Na segunda-feira foram encontrados os corpos de uma família que foi soterrada pela lama quando passava por Brumadinho, na região metropolitana de Belo Horizonte.  Também nesta segunda, uma criança de 11 anos morreu soterrada em São Gonçalo do Rio Abaixo, na região Central de Minas, após um muro desabar.

Em Ervália, na Zona da Mata, um jovem de 20 anos morreu após um deslizamento de terra que atingiu o bar em que ele estava.

Além das mortes, já são 3481 desabrigados e 13756 desalojados. Ao todo, 145 municípios decretaram situação de emergência por causa dos estragos causados pelas chuvas.

* Conteúdo O Tempo

MAIS NOTÍCIAS