Ministério Público doa jet skis apreendidos ao Corpo de Bombeiros

Veículos foram apreendidos em março, durante operação contra uma organização criminosa suspeita de atuar no tráfico de drogas

Ministério Público doa jet skis apreendidos ao Corpo de Bombeiros
Foto: Divulgação / MPMG

Nesta terça-feira (6), o Corpo de Bombeiros de Minas Gerais recebeu do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) a doação de dois jet skis. O ato aconteceu durante uma cerimônia na Academia de Bombeiros Militar. Os veículos forma apreendidos durante a operação Cali, deflagrada em março deste ano e que prendeu cinco suspeitos de integrar uma quadrilha especializada no tráfico de drogas.

A operação foi conduzida pelo Grupo de Atuação Especial do MPMG (Gaeco), em conjunto com o Grupo de Combate às Organizações Criminosas (GCOC) da Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG). Na época foram apreendidos 35 veículos de luxo.

O chefe do MPMG, o procurador geral de Justiça, Jarbas Soares, disse esperar que os Jet Skis sejam úteis ao trabalho dos bombeiros militares. “Esperamos que esses veículos aquáticos, resultantes da recuperação de ativos num trabalho realizado pelo Gaeco, sejam úteis para a atuação do Corpo de Bombeiros em sua mais nobre missão: o salvamento. Esta é uma forma de externar, aos heróis desta casa, a nossa eterna gratidão”, pontuou.

O comandante geral do Corpo de Bobmeiros, Coronel Edgar Estevo, destacou as parcerias entre a corporação e o MPMG.

“São parcerias fundamentais, como o apoio que recebemos, recentemente, em Uberlândia e Uberaba, no Triângulo Mineiro, permitindo que reequipássemos as unidades. No norte de Minas, tivemos excelente oportunidade por meio do Tac do DPVat, que vai possibilitar levarmos uma estrutura de bombeiros para a cidade de Bocaiuva, naquela região”, disse.

MAIS NOTÍCIAS