Ministério reconhece equivalência dos produtos de origem animal do Médio Piracicaba

Em solenidade nessa quinta-feira (5), o ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Marcos Montes, entregou o título de equivalência ao Serviço de Inspeção Municipal (SIM) do Consórcio Intermunicipal Multissetorial do Médio Rio Piracicaba (Consmepi)

Ministério reconhece equivalência dos produtos de origem animal do Médio Piracicaba
Foto: Divulgação
O conteúdo continua após o anúncio


A região do Médio Piracicaba consegue uma grande conquista inédita, que vai trazer mais desenvolvimento e contribuir para a diversificação econômica dos municípios. Em solenidade nessa quinta-feira (5), o ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Marcos Montes, entregou o título de equivalência ao Serviço de Inspeção Municipal (SIM) do Consórcio Intermunicipal Multissetorial do Médio Rio Piracicaba (Consmepi). Agora, o consórcio pode atestar o mesmo que o Sistema Brasileiro de Inspeção de Produtos de Origem Animal (Sisbi-POA) do Mapa.

O reconhecimento, através da Associação dos Municípios da Microrregião do Médio Rio Piracicaba (Amepi), abre mercado nacional para produtores e indústrias de carnes e derivados, leite e derivados, mel, pescados e ovos. Os produtos registrados, inspecionados e aprovados pelo SIM, poderão ser comercializados em todo o território nacional.

O que significa?

A equivalência legitima a fiscalização do consórcio, que padroniza a inspeção dos produtos de origem animal, garantindo, entre outros, a segurança alimentar dos consumidores.

“Estamos felizes por conseguir ampliar os mercados, gerar mais empregos, renda e novas oportunidades aos municípios, além de garantir mais segurança alimentar e saúde aos cidadãos. É um grande avanço para o Médio Piracicaba, sem dúvida”, disse o presidente da Amepi e do Consmepi, o prefeito de São Domingos do Prata, Fernando Rolla.

Criado em 2014, na primeira gestão de Fernando à frente da Amepi, o Consmepi foi um dos 12 consórcios públicos brasileiros, a participar do Consim 2020, projeto do Mapa. Para conseguir a equivalência, agentes do ministério analisaram documentos e vieram à sede da instituição para vistorias na sede do consórcio e nos estabelecimentos produtores. A equipe responsável participou também de diversos treinamentos.

Aderiram

Atualmente, cinco empresas já se adequam para ampliar seus mercados: Aviários Pena (ovos), de São Gonçalo do Rio Abaixo; Nectar da Serra (mel e derivados), de Santa Bárbara; Top Fish (pescados), de Rio Piracicaba; Queijos D’Aloísio de João Monlevade e Ki- Torresmo de Itabira.

Da solenidade em Belo Horizonte, participaram os prefeitos de municípios consorciados: o vice-presidente da Amepi, Marco Antônio Lage (Itabira); Maurosan Gonçalves (Alvinópolis), Raimundo Menezes De Carvalho Filho, o Diquinho (Ferros); Alcemir Moreira e a vice-prefeita Dionir Rodrigues (Santa Bárbara); José Bráulio Aleixo (Dom Silvério) e Raimundo Nonato Barcelos, o Nozinho (São Gonçalo do Rio Abaixo). Além deles, participaram também a equipe do Consmepi: os médicos veterinários Alexandre Lopes, Marcela Lorenze, Cintia de Araújo; a diretora de programas Marilda Santiago, e a secretária executiva, Christiane Linhares Vale.

*Com informações da Amepi

MAIS NOTÍCIAS