Mulher morre após ser esfaqueada oito vezes em festa no Morro do Pilar

Uma mulher de 29 anos morreu após ser esfaqueada durante a festa de recepção dos cavaleiros para o Jubileu de Bom Jesus de Matosinhos, na cidade de Morro do Pilar. O crime ocorreu na madrugada dessa sexta-feira (14). A festa acontecia no estádio municipal, onde cerca de duas mil pessoas estavam. A Polícia Militar foi acionada […]

Mulher morre após ser esfaqueada oito vezes em festa no Morro do Pilar
Fotos: Arquivo/DeFato

Uma mulher de 29 anos morreu após ser esfaqueada durante a festa de recepção dos cavaleiros para o Jubileu de Bom Jesus de Matosinhos, na cidade de Morro do Pilar. O crime ocorreu na madrugada dessa sexta-feira (14).

A festa acontecia no estádio municipal, onde cerca de duas mil pessoas estavam. A Polícia Militar foi acionada e informada que uma mulher havia sido agredida durante a festa. Ao chegar ao local, os militares encontraram a vítima caída ao chão, cercada por populares.

Uma ambulância foi chamada e a mulher socorrida e levada ao hospital, onde foi constatado o óbito. Os médicos constataram oito perfurações, sendo três na região do tórax e cinco no braço esquerdo. As lesões teriam sido causadas por arma branca, possivelmente um punhal.

O conteúdo continua após o anúncio

Segundo o boletim de ocorrência, populares relataram aos policiais que o autor da agressão seria amásio da vítima e que teria fugido sentido a um lote vago. A área foi cercada e um intenso rastreamento no local e quintais de residências vizinhas foi realizado. Contudo, o homem não foi encontrado.

Novas buscas foram realizadas. A PM se deslocou até a residência do possível autor, localizada no lugarejo de “Ribeirão dos Porcos”, na zona rural de Morro do Pilar. Mas ele não estava no local. De volta ao perímetro urbano, os militares percorreram bairros vizinhos ao local do crime, na expectativa de prender o possível assassino da vítima.

Até a publicação desta matéria o homem não havia sido localizado. A vítima já havia registrado ocorrência de ameaça em desfavor do autor do crime que será investigado pela Polícia Civil.

MAIS NOTÍCIAS