Mutirão para emissão de carteiras de identidade será em Barão nesta sexta-feira

Cocaienses e moradores de municípios vizinhos poderão tirar novas vias a partir de amanhã

Mutirão para emissão de carteiras de identidade será em Barão nesta sexta-feira
Ação foi considerada um sucesso pelos organizadores em Itabira. Foto: Câmara Municipal de Itabira/Divulgação

Realizado em Itabira na terça (14), quarta (15) e quinta-feira (16), o mutirão para emissão de carteiras de identidade ocorrerá em Barão de Cocais amanhã (17) e no próximo sábado (18). A ação, feita em parceria entre a Polícia Civil de Itabira, o deputado Bernardo Mucida (PSB) e a Câmara de Itabira, terá como sede a Escola Municipal Coronel Cancio, centro da cidade. A informação foi dada em uma entrevista coletiva no gabinete do presidente da Câmara de Itabira, Weverton Leandro Santos Andrade “Vetão” (PSB), na tarde de hoje.

A ideia do mutirão é emitir tanto a primeira quanto a segunda via do famoso “RG”. Moradores de Barão de Cocais, São Gonçalo do Rio Abaixo, Bom Jesus do Amparo, Catas Altas, Santa Bárbara e outras localidades próximas poderão solicitar o serviço entre as 9h e 17h. A expectativa é emitir cerca de 1000 identidades nos próximos dois dias.

Mutirão para emissão de carteiras de identidade será em Barão nesta sexta-feira
Foto: Victor Eduardo/DeFato Online

Em Itabira

O encontro no gabinete do vereador Vetão também contou com a presença do deputado estadual Bernardo Mucida, o delegado da Polícia Civil de Itabira, Helton Cota, o inspetor da Polícia Civil Paulo do Carmo, e o secretário de governo Geraldo Torrinha.

Segundo o presidente da Câmara, o atraso nas emissões do documento é um problema antigo enfrentado pelo município.

“Itabira tem vivenciado um problema que não é de agora, a questão da carteira de identidade é um problema antigo. E a Polícia Civil faz o que pode e o que não pode para emitir as carteiras de identidade, mas faltava algo a mais. Diante dessa necessidade, foi feita uma união de forças entre Prefeitura, Câmara, Polícia Civil, nosso deputado (Bernardo Mucida), Governo do Estado, para diminuirmos um pouco desse gargalo. Nosso objetivo é tranquilizar para que os postos de identificação da Câmara e da Polícia Civil possam funcionar da melhor forma possível”, afirmou Vetão.

Envolvido na iniciativa, Bernardo Mucida salientou a importância da carteira de identidade no convívio social do cidadão.

“O que mais importa pra mim é que não é simplesmente um documento de identificação. É um passaporte para o cidadão ter acesso a outros serviços públicos. Para emitir um CPF, ter acesso ao Bolsa Família, para ter um cadastro na ação social, para que tenha direito ao passe livre no ônibus. Então o que a gente está trazendo aqui é o direito do cidadão”, enfatizou.

Delegado da Polícia Civil de Itabira, Helton Cota disse terem sido emitidas mais de 1500 carteiras de identidade durante o mutirão. Foram 420 no primeiro dia, 498 no segundo e, pelo menos, 450 nesta quinta-feira. Esta quantia somou-se às mais de 200 RG’S criadas nesta semana nos postos de atendimento tradicionais.

Para ele, a ação reduziu um pouco da demanda suprimida por conta da pandemia. “Ao longo da pandemia, nós praticamente paramos a emissão de identidade. Continuamos a emitir somente em casos emergenciais, então a demanda se acumulou naturalmente. Com essa união dos esforços, nós vamos conseguir trazer novamente essa ação ao longo de 2022, com o apoio do deputado, da Câmara e da Prefeitura. Foi um sucesso acima do esperado”, ressaltou Helton.

Como participar

Para ser contemplado pelo mutirão, o interessado deverá ter em mãos os seguintes documentos:

  • 2 fotos 3×4 (padrão exigido pela Portaria nº 02/2019);
  • Guia DAE impressa e comprovante de pagamento;
  • Certidão de nascimento (solteiros), ou certidão de casamento (casados e viúvos), ou certidão de casamento com averbação (separados e divorciados), original ou cópia autenticada;
  • Caso o solicitante tenha interesse, é possível incluir na carteira de identidade os números de CPF e PIS/Pasep, basta apresentar os documentos comprobatórios;
  • Menores de 16 anos devem comparecer acompanhados por pai, mãe ou tutor legal, que necessitam apresentar documento com foto.

Isenção

Nos casos de furto e roubo, o cidadão está isento dessa tarifa mediante apresentação do Boletim de Ocorrência, original e cópia (o boletim só será aceito com no máximo 30 dias após o fato ocorrido e desde que esteja registrado de forma explícita, o furto/roubo do documento de identidade).

Nos casos de hipossuficiência de renda, o documento será concedido de forma gratuita pelo Instituto de Identificação de Minas Gerais. Para isso, o requisitante deverá procurar a Secretaria Municipal de Ação Social ou o Centro de Referência em Assistência Social (Cras) para encaminhamento por meio da folha resolutiva emitida pela assistente social.

MAIS NOTÍCIAS