Nova Era terá profissionais municipais fiscalizando provas do Enem

A prefeitura explicou com será a aplicação das provas nesse domingo (17)

Nova Era terá profissionais municipais fiscalizando provas do Enem
Foto: Thiago Andrade

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisa (Inep), em parceria com a Fundação Getúlio Vargas (FGV), serão responsáveis pela aplicação da prova do Enem, que acontecerá nesse domingo (17). Em Nova Era, sete escolas receberão os estudantes candidatos ao Exame Nacional do Ensino Médio.

Em nota oficial, divulgada na noite desse sábado (16), a Prefeitura de Nova Era informou que irá respeitar o sonho dos alunos que tanto se esforçaram para prestar as provas.

O conteúdo continua após o anúncio

“Respeitando o sonho de muitos alunos ingressarem em uma Universidade, preparamos com dedicação a infraestrutura e a limpeza de quatro das nossas Escolas Municipais, afim de serem cedidas ao Inep, neste domingo. Por outro lado, não podemos desconsiderar o pico da pandemia do Novo Coronavírus na nossa região, por isso acreditamos que o Instituto cumprirá com todos protocolos Mundiais, Nacionais, Estaduais e, sobretudo, as normas Municipais, para mitigar as consequências da aplicação da prova. Por garantia, foi enviado pela prefeitura um relatório de recomendações quanto à capacidade máxima de ocupação das salas, bem como os decretos vigentes no nosso município”.

A Prefeitura de Nova Era informou ainda que, para diminuir as chances de contaminação dos estudantes de Nova Era, São Domingos do Prata, Bela Vista e Dionísio, que realização a prova na cidade, haverá fiscais municipais no horário da prova para verificar, de forma rígida, se os protocolos de segurança estão sendo seguidos.

A Prefeitura reforça que são obrigatórios o uso de máscaras, distanciamento social, higienização das mãos com álcool 70% e respeito à capacidade máxima de ocupação das salas de aulas, sobretudo nas escolas municipais. “Em caso de negligência com a saúde pública, a prefeitura encaminhará as notificações ao Ministério Público para que sejam tomadas as devidas providências”, finalizou.

<

MAIS NOTÍCIAS