Pacientes com suspeita de sarampo em Barão de Cocais são dois bebês

Uma das crianças é uma menina de dez meses, moradora do bairro Três Cachoeiras, em Cocais, que ainda não havia sido vacinada

Pacientes com suspeita de sarampo em Barão de Cocais são dois bebês

Os dois casos suspeitos de sarampo divulgados Pela prefeitura de Barão de Cocais na segunda-feira (2) são em bebês. Uma das crianças é uma menina de 10 meses, moradora do bairro Três Cachoeiras, em Cocais. A garotinha ainda não havia sido vacinada. A outra é também uma menina de um ano e dez meses, moradora do bairro São João Batista, com a vacinação da tríplice viral em dia.

Uma outra suspeita foi encaminhada para o Posto de Saúde da Família no Centro. Contudo, a hipótese de sarampo foi descartada e a criança de um ano e um mês teve como diagnóstico “roséola infantil”. 

As crianças passaram por exames para a confirmação ou o descarte da doença. De acordo com o diretor da Vigilância Epidemiológica, Wanildo Lopes, o resultado deve ficar pronto em até 10 dias. 

O conteúdo continua após o anúncio

O diretor também citou sobre o protocolo de isolamento do local que atendeu as meninas que permanecem sob suspeita da doença. “As alas foram isoladas por cerca de quatro horas para que fosse feita a desinfecção”, disse.

Vacinação

MAIS NOTÍCIAS