Para todos: 1ª Corrida Rara de Itabira levanta bandeiras da inclusão e solidariedade

Evento será realizado no dia 11 de setembro e tem inscrições abertas

Para todos: 1ª Corrida Rara de Itabira levanta bandeiras da inclusão e solidariedade
Foto: Divulgação
O conteúdo continua após o anúncio


“Desde o nascimento da minha filha, uma criança portadora de uma síndrome rara com alterações no desenvolvimento físico e cognitivo, eu levantei a bandeira e abraço a causa da inclusão”. Essas são as palavras de Max Cota, idealizador e organizador da 1ª Corrida Rara de Itabira 2022.

Agendada para o dia 11 de setembro, na avenida Duque de Caxias, bairro Quatorze de Fevereiro, a “competição” inédita será disputada por aproximadamente 40 pessoas com deficiência de Itabira. Toda a renda líquida do evento se destinará à Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) do município.

Todos os inscritos receberão uma medalha e os primeiros cinco lugares de cada categoria receberão um troféu. A adesão também dará direito a uma camiseta e outros brindes.

No dia do evento, outras atividades recreativas, como aulas de dança, DJ e food truck, também serão realizadas. Há um limite máximo de 500 inscrições, divididas nas categorias “corrida de 5 km”, “caminhada de 2.5 km” e “corrida Kids”. Você pode garantir seu lugar na 1ª Corrida Rara de Itabira clicando aqui.

Como a maioria dos participantes não possui condições financeiras, a organização busca patrocinadores que possam “adotá-los”. Levando em conta os gastos com camisa e medalha, cada patrocínio custará cerca de R$ 50,00. Ao fim da matéria, você confere como contribuir com a iniciativa.

Foto: Divulgação

Inclusão

Pai da pequena Beatriz, de cinco anos, Max Cota destaca a função da corrida. Para ele, um dos objetivos é trabalhar a inclusão da comunidade PCD em nosso cotidiano e alertar sobre as dificuldades sofridas por este grupo no dia-a-dia.

“A inclusão é o nosso maior foco. Precisamos conscientizar a sociedade e o poder público sobre as mais de 8 mil doenças raras existentes no mundo e mostrar que os portadores dessas doenças podem ter algum comprometimento físico e cognitivo. Portanto, nós devemos estar preparados para a inclusão dessas pessoas no nosso dia-a-dia. Buscar um serviço público de saúde atuante, para que seja possível o diagnóstico precoce das doenças raras, e a criação de centros de tratamento especializados na reabilitação dessas pessoas também estão entre os nossos objetivos”, relata.

O organizador também detalha a contribuição à APAE de Itabira, o que reforça o cunho totalmente filantrópico da corrida. “Não existe meta de arrecadação. A nossa expectativa é cobrir as despesas para a realização do evento com recursos vindos dos patrocinadores e colaboradores. E a renda líquida proveniente das adesões à corrida será integralmente doada à APAE. Nosso evento tem caráter totalmente filantrópico”.

Por fim, Max destaca o engajamento dos patrocinadores. “Em se tratando de um evento filantrópico, todos os patrocinadores estão de coração aberto e radiantes por abraçar uma causa de extrema importância e relevância social. Temos constantemente citado as empresas e pessoas colaboradoras nas redes sociais, enfatizando e agradecendo a ajuda.”

Como ajudar

Caso tenha interesse em contribuir financeiramente com a corrida, entre em contato pelos telefones (31) 99139-1793 (Max) e (31) 99277-2887 (Michele).

MAIS NOTÍCIAS